Meio Bit » Arquivos » Fotografia » Nikon D7100 é Oficial

Nikon D7100 é Oficial

21/02/2013 às 11:22

Sempre fico triste quando um grande equipamento é substituído, mesmo que seja por um melhor. A D7000 foi mais um best seller da Nikon que começou com essa tradição com a saudosa D70. Câmeras confiáveis, pequenas, leves e que serviram bem tanto fotógrafos amadores quanto profissionais. Seguindo essa linha agora temos a nova D7100 que chegou para mostrar que a Nikon realmente quer dominar essa faixa de mercado, mas que vai causar algumas polêmicas entre os fotógrafos mais entendidos. A primeira polêmica é em relação à resolução máxima. São 24 megapixels em um sensor APS-C que, para alguns, é um grande exagero para esse tipo de câmera. Do ponto de vista da necessidade eu realmente acho inútil. Se você não faz grandes ampliações (e estou falando de coisa grande mesmo) com a necessidade de grande qualidade, então essa resolução só vai servir para entupir o seu HD. Do ponto de vista da tecnologia a Nikon já provou que a grande densidade de pixels dos sensores (e no caso desta câmera todo mundo está apostando ser um sensor fabricado pela Toshiba) não é um grande problema para a qualidade de imagem, mas sempre fica aquele gostinho que de estão querendo ganhar o consumidor pela resolução da câmera. A segunda polêmica é a retirada do filtro ótico low-pass que normalmente fica na frente do sensor. Esse filtro previne o moiré (efeito reticulado) e o surgimento de falsas cores, porém interfere na resolução e nitidez da imagem. Assim como na Nikon D800E a empresa decidiu defenestrar o acessório e apostar que o consumidor quer mais nitidez, independente de alguns inconvenientes.

Mas, tirando esses dois pontos que ainda vão dar muito o que falar, a câmera é um sonho para qualquer fotografo amador avançado ou profissional. Provando que você pode bater nela sem piedade, a Nikon já avisa que o obturador da câmera está planejado para 150 mil disparos, algo muito bacana nos dias de hoje (e levando em conta que as empresas só divulgam a durabilidade do obturador de suas melhores câmeras). O corpo da câmera é feito com liga de magnésio (parte superior e posterior), vai trabalhar com dois cartões SD, vai conseguir fazer 6 fotos por segundo no modo contínuo ( até um total de 100 fotos), possui 51 pontos de autofocus (sendo 15 em cruz), visor LCD de 3,2 polegadas, capacidade de fazer filmes em Full HD com recursos aprimorados, velocidade ISO entre 100 e 6400 e compatibilidade com os acessórios WU-1a (Wi-fi) e GP-1A (GPS). Eu acho que já está na hora de a Nikon pensar em colocar essas duas funcionalidades como nativos em suas câmeras mais avançadas.

Mesmo com toda essa evolução, a câmera ainda é um pouco mais leve do que sua antecessora. A D7000 pesava 690g e a D7100 está com 675g. Falamos muito aqui das partes boas, mas agora chegou a hora do preço. A D7100 tem um preço recomendado de US$ 1.200,00 para quem quiser comprar apenas o corpo. O kit, com a lente Nikkor 18-105mm VR deve ser comercializado por US$ 1.600,00. A data prevista para chegada aos consumidores é em março de 2013.

NikonD7100

Fonte: Dpreview e Foto Actualidad

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários