Meio Bit » Baú » Games » Jesse Schell alerta para os riscos de se lançar uma demo

Jesse Schell alerta para os riscos de se lançar uma demo

13/02/2013 às 13:00

dori_sch_13.02.13

Me diga uma coisa, quantas vezes você deixou de comprar um jogo porque a sua demo mostrou que ele não era tudo aquilo o que esperava? Para nossa sorte as versões de demonstração se tornaram relativamente comuns nesta geração, nos permitindo poupar uma bela grana e se muitos jogadores defendem a ideia de que elas deveriam ser obrigatórias, Jesse Schell, escritor, professor universitário e fundador da Schell Games, pensa exatamente o contrário e até aconselhou as empresas a não lançarem demos.

Quer dizer que gastei todo esse dinheiro criando uma demo e ela cortou as vendas pela metade? Sim, é exatamente isso o que aconteceu. Os jogos sem demo os consumidores terão que comprar sem testar.

Schell apresentou um gráfico das vendas para o Xbox 360 que confirma seu ponto de vista e afirmou que a melhor maneira de se obter boas vendas é criando expectativa nos consumidores, lançando trailers que façam com que as pessoas queiram jogar, mas nunca permitindo que elas testem o título.

Se pensarmos como um desenvolvedor – especialmente aqueles preguiçosos e/ou que sabem que seu produto não tem qualidade – a opinião do game designer faz bastante sentido, embora se trate de uma linha de raciocínio tacanha e que demonstra até mesmo uma grande falta de respeito ao consumidor.

As demos podem sim fazer com que muitas pessoas desistam de uma compra, mas também são capazes de ter o efeito contrário, além de ao menos na teoria fazer com que os estúdios se dediquem a entregar produtos melhores. Pode até ser que Mr. Schell esteja correto ao defender tal postura, mas preciso me lembrar de NUNCA comprar um jogo criado por sua empresa.

[via VG247]

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários