Meio Bit » Arquivos » Games » Roteirista diz que mais ação no Dead Space 3 era um mal necessário

Roteirista diz que mais ação no Dead Space 3 era um mal necessário

11/02/2013 às 8:34

dori_ds3_11.02.13

Quando o primeiro vídeo mostrando a jogabilidade do Dead Space 3 surgiu, ficou claro que o jogo teria um forte apelo à ação, algo que incomodou várias pessoas que o classificaram como um clone do Gears of War. Como o game já foi lançado, alguns detalhes sobre o desenvolvimento começam a surgir e Antony Johnston, roteirista do primeiro capítulo, tentou justificar o motivo dessa mudança de estilo.

Sei que os desenvolvedores querem sempre se tornar maiores em termos de alcance e eu já havia mencionado anteriormente que o universo que criamos era enorme, com muitos elementos que simplesmente não se encaixavam no primeiro jogo.

Então, para ter a história contada, para completar o universo, era inevitável que os cenários e a ambientação fossem ampliados um pouco, ganhando uma escala um pouco mais épica, caso contrário teríamos o mesmo jogo em uma nave diferente, o que seria bastante chato.

Mesmo acreditando que seguir este caminho fosse um mal necessário para fazer com que o público do jogo aumentasse, Johnston declarou-se um fã dos antigos survival horrors e que este foco na ação proposto pelas sequências fez com que não tivesse interesse em escrever seus enredos.

Temos portanto algo parecido com o que aconteceu com a série Resident Evil, que ao se tornar um jogo de ação acabou afastando alguns antigos fãs e com isso aqueles títulos que possuem a capacidade de nos assustar vão se tornando cada vez mais raros.

[via NowGamer]

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários