Meio Bit » Baú » Samba adota GPLv3

Samba adota GPLv3

11/07/2007 às 0:14

O projeto Samba, anunciou a adoção da GPLv3 a partir das próximas versões.

Como o Samba era licenciado sob a GPLv2, sem o "e versões posteriores" a transição não era automática.

Mas segundo o anúncio, em um debate entre os desenvolvedores, optou-se por passar a utilizá-la.

Como existe incompatibilidade entre a GPLv2 e a GPLv3, optaram por passar a próxima versão para 3.2, assim o que vier antes de 3.2 está licenciado somente pela GPLv2 e do 3.2 em diante, passa a ser somente pela GPLv3.

As versões anteriores serão mantidas com correções de segurança, mas nenhuma nova funcionalidade será acrescentada, enquanto a versão 3.0.25b (última com GPLv2) for amplamente usada.

Programas distribuídos sob a licença GPLv2, que não passarem para a GPLv3, não poderão mais utilizar bibliotecas das novas versões, uma vez que as duas licenças são incompatíveis.

Além disso, distribuidores que fizeram o acordo de patentes com a Microsoft, depois do dia 28 de março de 2007, não poderão mais distribuir o Samba.

Ou seja, se a Red Hat (que está sendo sondada pela MS) vier a assinar tal acordo, não poderá mais distribuir o Samba, o que pode ser um sério problema para ela, pois seu forte é o mercado corporativo, onde o Samba é necessário para integrar as diversas redes de uma empresa.

Além disso, os desenvolvedores do Kernel, confirmaram, no Linux Foundation Collaboration Summit, que não pretendem adotar a GPLv3, tão cedo.

Via Linux Watch

relacionados


Comentários