Meio Bit » Baú » Games » Depois de assoprar, senador americano morde gamers

Depois de assoprar, senador americano morde gamers

29/01/2013 às 10:00

dori_yee_28.01.13

Talvez vocês se lembrem de Leland Yee, senador norte-americano que classificou como “patético e completamente inaceitávelo recente ataque do CEO da NRA aos games, algo que ajudou a melhorar um pouco sua imagem junto aos gamers, já que em 2005 ele foi o autor de uma lei que visava banir os jogos violentos, mas não demorou muito para que o político voltasse a criticar a indústria e seus admiradores.

Os gamers precisam se acalmar,” declarou Yee ao site San Francisco Gate. “Os gamers não possuem credibilidade nesse argumento. Tudo não passa de seu desejo por violência e o desejo da indústria pelo dinheiro. Essa é uma indústria bilionária, é tudo sobre interesse próprio.

O senador também disse que embora a intervenção do presidente Barack Obama em relação aos jogos violentos possa dar algum resultado, ele não tem muitas esperanças de que isso acontecerá e classificou o problema como uma “questão de saúde pública.

Antes de se tornar senador, Leland Yee era psicólogo infantil, então imagino que ele possua algum embasamento ao afirmar que menores expostos a jogos violentos “estão mais suscetíveis a experimentar o sentimento de agressão e por isso exibirem comportamentos antissociais e agressivos,” no entanto, como não achar que sua crítica à Associação Nacional de Rifles está carregada de intenções políticas, afinal ele mesmo a acusou de não ter apoiado sua lei contra esse tipo de jogo.

Depois ele até foi ao Twitter dizer que usou as palavras erradas e que respeita muitos gamers, mas isso provavelmente não servirá para amenizar a situação e acho que em relação a sua declaração, se trocarmos a palavra gamers por senadores ou políticos, ela não terá seu sentido alterado, não acha?

[via VG247]

relacionados


Comentários