Meio Bit » Baú » Indústria » XBox-Transformer - Microsoft malvada, vilã e esperta pra caramba

XBox-Transformer - Microsoft malvada, vilã e esperta pra caramba

Quando Stanley Kubrick e Sir Arthur Clarke estavam produzindo 2001 - Uma Odisséia no Espaço o computador HAL-9000, uma das imagens mais icônicas da História da informática, inteligência artificial e símbolo de avanço científico deveria

09/07/2007 às 5:52

Quando Stanley Kubrick e Sir Arthur Clarke estavam produzindo 2001 - Uma Odisséia no Espaço o computador HAL-9000, uma das imagens mais icônicas da História da informática, inteligência artificial e símbolo de avanço científico deveria ser um computador IBM. Quando a informação de que HAL seria um vilão, entretanto, a empresa exigiu que qualquer associação entre HAL e a IBM fosse removida. Clarke ficou tão irritado que o computador, até então chamado Athena, mudou de nome para HAL - um passo à frente da IBM, compare as letras.

Ou seja: Perderam a chance de ter eternamente a empresa associada a um dos maiores símbolos de computação avançada do cinema.

A Volkswagen conseguiu repetir a gesto, ao impedir que o Bumblebee, no filme dos Transformers, fosse um New Beetle. Lembrem-se, no desenho original ele era um simpático fusquinha. Disseram que não queriam associar seus produtos à violência. Ainda bem que ninguém morrem em acidentes com carros da VW, né?

A Microsoft que de boba não tem nada, não pensou duas vezes, quando aparecer a oportunidade de fazer um merchandising no Transformers. No caso uma caixa com um XBox 360 se transforma em um Decepticon e parte para cima de uma vítima inocente.

Céus, a Microsoft assumiu seu lado maligno? Bill Gates na verdade é Megatron?

Não acredito que o espectador normal faça uma analogia tão rasteira. O que vai acontecer (na verdade já está acontecendo) é que os espectadores vão comentar a cena, achar curioso o "product placement" e gerar um buzz gratuito. Funcionou em True Lies, com o Windows em árabe.

relacionados


Comentários