Meio Bit » Arquivos » Games » Executivo da Microsoft fala sobre o SteamBox

Executivo da Microsoft fala sobre o SteamBox

17/01/2013 às 13:00

dori_stea_15.01.13

Sejamos sinceros. Eu amo a Valve, você ama a Valve e até quem não joga no PC ama a Valve, mas será mesmo que devemos ficar tão empolgados com o SteamBox? É verdade que ainda faltam mais informações sobre como o “console” dos criadores do Half-Life será realmente, porém, até o momento não vi nada que justifique o investimento nele e não em um PC normal e para Phil Harrison, vice-presidente da divisão europeia da Microsoft e ex-mandachuva da Sony Europa, aqueles que se arriscarem no mercado de hardware devem estar preparados para muitas dificuldades.

Entrar no negócio de hardware é algo realmente difícil. Você precisa ter muita firmeza para estar nesse negócio, precisa ter bolso profundos e um balancete bastante forte.

Nem todos os estreantes no ramo de hardware conseguirão atingir uma larga escala. Eles poderão conseguir sucesso em baixa escala, mas é raro um novo participante conseguir algo grande e eu me refiro a dezenas ou centenas de milhões de unidades. Há poucas companhias que conseguiriam fazer isso e não se trata apenas de ter uma grande marca ou grande experiência com software, mas sim de ter uma corrente de abastecimento, um modelo de distribuição, capacidade de fabricação e todas as coisas atreladas.

O comentário de Harrison certamente pode ser estendido a outras empresas, como a nVidia e o seu Shield, mas mesmo que alguns reconheçam uma certa dose de medo nas palavras do executivo, acho que ele está correto e muitas foram as poderosas companhias que fracassaram nessa tentativa de lançar um console.

Tudo bem que os tempos são outros, o mercado mudou muito e no caso específico da Valve, talvez eles nem sejam tão afetados, afinal poderão continuar vendendo seus jogos como antigamente, mas ainda assim acho que ninguém gostaria de ver uma empresa tão querida amargar um fracasso como este.

[via Eurogamer]

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários