Meio Bit » Baú » Fotografia » Canon PowerShot N - muito estranha

Canon PowerShot N - muito estranha

07/01/2013 às 22:06

Acho que o pessoal que acompanha o Meio Bit Fotografia já percebeu minhas constantes críticas aos lançamentos de câmeras fotográficas que não trazem nada de novo e tentam apenas convencer o consumidor a trocar de câmera constantemente. Falta inovação e os saltos tecnológicos que estávamos acostumados a ver alguns anos atrás. Claro que inovação é uma coisa complicada de se ter todos os anos, mas um monte de câmeras lançadas que não trazem nada de especial também é muito complicado.

Por isso que fiquei extremamente espantado, e um pouco feliz, quando vi a nova Powershot que a Canon vai apresentar oficialmente na CES-2013 (putz, o Marcel vai ver em primeira mão). A câmera, chamada simplesmente de PowerShot N é quadrada, um formato que em nada lembra uma câmera fotográfica. Na parte da frente ela possui uma lente com 8x de zoom ótico e atrás um visor LCD articulado de 2,8 polegadas sensível ao toque. E o design consiste apenas disso. E acho que é o suficiente. Sim, a coisa toda é muito estranha e você não se vê andando com essa coisinha pela rua, mas ao ver o vídeo de demonstração você acaba achando a coisa toda muito simpática. Está bem, admito, fiquei com vontade de ter uma.

Como já dito, a lente possui 8x de zoom ótico (equivalente a uma 28-224mm F3.0-5.9) com estabilização e pode gravar vídeos em Full HD. Todas as regulagens possíveis são efetuadas no painel LCD e a câmera é nitidamente voltada para quem possui uma agitada vida on-line. Vídeos e fotos podem ser enviados para as principais redes sociais com apenas um toque e já georeferenciados com a ajuda do GPS interno. Outra novidade é um botão lateral que faz a conexão automática via Wi-Fi com outro dispositivo que esteja presente por perto, como o seu tablet ou smartphone, por exemplo. Outra coisa que achei muito bacana foi o duplo anel que se encontra ao redor da objetiva. O maior e mais interno é o zoom da lente, que deve ser girado para acionar o mecanismo. O segundo anel, e mais externo, nada mais é do que o disparador da câmera, que deve ser simplesmente pressionado.

Um pouco de audácia e inovação no mundo das câmeras compactas. Se vai dar certo só o tempo vai dizer. Independente de gostos, a câmera é pequena, fácil de carregar e possui recursos poderosos para um público bem específico. Infelizmente não temos muitas outras informações sobre o equipamento e o que mais ele pode fazer. O que sabemos ao certo é que vai ser lançado oficialmente em abril ao preço aproximado de US$ 300,00.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários