Meio Bit » Baú » Miscelâneas » 10 tecnologias que afundaram

10 tecnologias que afundaram

19/06/2007 às 16:25

A eWeek preparou uma lista com 10 tecnologias emergentes que simplesmente afundaram. Algumas delas eu lembro bem, com todo o hype e peso do marketing. Hoje, é fácil compreender porque deram errado.

Um dos exemplos que sempre aparece, em ciclos, são os e-book readers, um gadget que em teoria deve ser portátil e agradável de ler como um livro. Problemas? Muitos. DRM draconiano, do tipo "esse livro irá se autodestruir em 60 dias". Preço do livro digital é o mesmo de um livro comum. Preço do aparelho é o equivalente a uns 20 livros, normalmente.
Habilitade de carregar 100 livros... mas a maioria dos humanos só consegue concentrar a leitura em um único livro. É preciso recarregar o aparelho de tempos em tempos. E nenhum e-book reader é tão resistente quanto um livro, que pode ser amassado, molhado, sofrer vários tipos de choque e não terá dead-pixels.

Outra tecnologia, o iSmell (que segundo eles é um dos PIORES nomes de produto da história) parecia uma boa idéia, como um website de perfumes poder emitir odores para clientes. Apesar de curioso como tecnologia, ninguém comprou essa idéia. Ainda preferimos investir em mais memória ram, hd, processador e placas de vídeo melhores.

E outra que apareceu na lista foi o reconhecimento de voz. Depois de 10 anos, ainda há pouco progresso na tecnologia e treinar o computador não é nada divertido. Testei o IBM Via Voice anos atrás e depois de 1 mês, cheguei a conclusão que eu era mais produtivo digitando o texto do que narrando e corrigindo.

A lista completa você encontra aqui.

relacionados


Comentários