Meio Bit » Baú » Internet » Governo do Zimbábue vai monitorar suas telecomunicações

Governo do Zimbábue vai monitorar suas telecomunicações

15/06/2007 às 15:30

meiobit-africa.jpg A privacidade na Internet nunca foi grande coisa, mas tem piorado. No último ano vários governos deslancharam projetos de monitoração, censura ou simples bloqueio de serviços. A China é um bom (mau) exemplo, bloqueando até o Flickr.

O último a entrar na onda do Big Brother é o Zimbábue, um enclave no meio da África, sem acesso ao mar, cujo maior título ostentado é de Campeões Mundiais de Inflação, que em 02/2007 chegou a 1370%. Isso seria problema se houvesse uma Economia para ser afetada, mas como o artigo da Wikipedia em português sobre a Economia do Zimbábue é só uma cópia do artigo sobre o Zimbábue, estima-se que o PIB deles não seja estelar. A taxa de desemprego de 80% (achei dados mais completos na Wikipedia original)

Mesmo assim eles querem gastar o que não têm, com essa nova Lei, que obriga os provedores de Internet a instalar equipamentos de monitoração e espionagem, anotando tudo que seus usuários falam, escrevem e compartilham. As organizações de direitos civis estão preocupadas, pois isso VAI ser usado para controlar atividades que sejam contra os interesses do Governo. A Associação dos Provedores de Internet do Zimbábue não gostou, a maioria dos provedores não tem dinheiro para comprar esses equipamentos. SIM, além de espionar seus usuários você será obrigado a pagar por isso.

O que mais assusta é que o país não tem cobertura de telefone OU Internet em 99% de seu território, e ao invés de melhorar sua infraestrutura, o Governo quer apenas se manter no poder e esmagar quem pensa diferente. Será que políticos são mesmo iguais em qualquer lugar? Valei-me São Palpatine.

Fonte: BoingBoing, BBC

relacionados


Comentários