Meio Bit » Arquivos » Internet » Uma análise do Netscape 9

Uma análise do Netscape 9

07/06/2007 às 21:01

Novamente ressurgindo das trevas, o Netscape 9
(download) passa a
usar o sufixo Navigator como antigamente. Foi lançado esta semana em versão
beta e é basicamente um Firefox debaixo do capô, com alguns itens exclusivos
do Netscape. Está disponível para Windows, Mac e Linux mas não achei versão em português.

Entre as funcionalidades exclusivas, permite abrir duas janelas de navegação
lado a lado (imagem ao final do texto), e não estou falando de abas, também
presentes. Bastante útil para comparar duas páginas, mas só é confortável para
quem tem monitores widescreen e dos grandes. Outra característica é a
integração com o portal Netscape, uma espécie de Digg, para postar links de
notícias quentes.

O Netscape sempre foi conhecido por ser um navegador pesado. Nos seus tempos
áureos, apesar de ser considerado melhor que o IE, usá-lo era um problema pois
deixava os computadores lentos. Com a chegada do Firefox, foi abandonado pelos
poucos fiéis usuários que ainda suportavam a plataforma. Hoje a fatia de
mercado do navegador é minúscula. Surpreendentemente a versão 9 do Navigator é
leve, muito leve. Nem parece o Netscape.

Também não vem integrado o cliente de e-mail, algo sempre presente nas versões
anteriores do browser. Hoje muita gente usa webmail, muito mais fácil de lidar
e gerenciar, então um cliente de e-mail não faz muita falta. Para quem não
consegue viver sem um, vá de
Thunderbird.

Realmente essa versão 9 do Netscape é muito parecida com o Firefox.
Praticamente a sensação de navegação é a mesma. Os plugins e extensões do
Firefox devem funcionar no Navigator. A única vantagem é a integração com o
portal Netscape e a possibilidade de ver duas telas ao mesmo tempo. Continuo
no Firefox.

relacionados


Comentários