Meio Bit » Baú » Hardware » Computador de 1951 restaurado–não, não roda Crysis.

Computador de 1951 restaurado–não, não roda Crysis.

21/11/2012 às 23:35

Suponha que você tem uma tarefa, uma única tarefa: Contar até dez (ou nove, se for ex-Presidente). Como você faz isso?

Antigamente seria com os dedos. Depois vieram ábacos, engrenagens e posteriormente relés. Com a invenção das válvulas, alguém pensou se seria possível utilizá-las de forma digital. Depois de muita pesquisa, sairam-se com isso:

Dekatron

É uma válvula Decatron, um contador decimal que permite que se armazene um número de forma temporária. Sim, isso que você está vendo é basicamente RAM.

Com base nessa tecnologia uma agência de pesquisa atômica inglesa projetou um supercomputador, ou mais precisamente um computador, em 1949. A construção durou até 1951. Em 1952, após testes e certificações a máquina foi entregue aos usuários, e funcionou até 1957, quando o Windows 95 foi lancado.[citation needed]

O WITCH (Wolverhampton Instrument for Teaching Computing from Harwell) não era rápido nem pros padrões da época. Para fazer uma multiplicação levava entre 5 e 10 segundos, mas era confiável. Seu tempo de funcionamento médio entre falhas era de 80 horas, coisa rara pra época, ainda mais com um trambolho desses:

harwell_dekatron

Há testemunhas de que ele trabalhou sozinho, sem tela azul, prompt de windows update, kernel panic ou bola de praia durante um recesso inteiro de Natal e Ano-Novo, que na Inglaterra acontecem entre 25/12 e 31/12. (dada a excentricidade inglesa, é bom especificar)

Depois de aposentado em 1957 o WITCH foi para uma universidade, onde foi utilizado por mais 20 anos pelo curso de computação, até ir para o depósito de um museu, em 1973. Por volta de 2009 Kevin Murrell, do Museu Nacional da Computação percebeu que tinham o computador quase todo, e seria simples remontá-lo. E foi, só levaram 3 anos.

Agora o WITCH voltou a operar. Ocasionalmente, claro, só para preparar o bicho pra funcionar é preciso meia-hora esquentando as válvulas, mas o resultado compensa. Veja só essa beleza computando diante de seus olhos:

Fonte: W

relacionados


Comentários