Meio Bit » Arquivos » Fotografia » Olympus EPL5 - o melhor sensor da categoria

Olympus EPL5 - o melhor sensor da categoria

16/11/2012 às 20:45

Quando as câmeras micro-quatro-terços apareceram, fiquei meio desconfiado da viabilidade do produto. Não foi uma desconfiança com a qualidade do equipamento, afinal de contas as câmeras reflex da Olympus já utilizavam o sensor com fator de corte de 2x há muito tempo e a qualidade sempre foi uma constante nos equipamentos. O que me assustava era o fato de termos uma câmera com visor eletrônico e com o preço mais elevado do que as reflex de entrada. Achava que o consumidor amador avançado não trocaria o tradicional e confiável sistema reflex por uma câmera que era quase uma compacta. Tudo bem, quebrei a cara, pois a coisa toda foi um sucesso e todas as empresas rivais de Olympus e Panasonic entraram na briga e lançaram suas versões do sistema micro-quatro-terços e criaram uma nova categoria de câmeras, as mirrorless.

As primeiras gerações dessas câmeras encontraram os mesmos problemas de qualquer nova tecnologia. Embora a qualidade de imagem não fosse execrável, ainda tinha muito caminho a ser percorrido e as câmeras evoluíram muito até o momento atual, sendo que agora os equipamentos são utilizados em fotojornalismo e em outras áreas da fotografia. Um grande passo tecnológico, é claro. Agora a briga não é mais para saber se as mirrorless podem competir no mercado das reflex, pois todos sabemos que a resposta é sim, mas qual dentre elas é a melhor para o consumidor final. Ainda vale aquela máxima da fotografia, não existe uma câmera para tudo, e sim uma câmera que se encaixa nas necessidades de cada fotógrafo. Vários fatores devem ser levados em conta na hora de escolher sua câmera, mas se está pensando apenas em qualidade e rendimento do sensor, temos uma boa indicação para fazer.

O DxOMark acabou de liberar uma análise muito bacana da Olympus Pen EPL5 e, para surpresa de muitos, ela se mostra um ponto superior ao sensor de sua irmã maior, a Olympus OMD EM5. As duas câmeras são equipadas com o mesmo sensor CMOS de 16 megapixels produzido pela Sony e mesmo assim os resultados foram um pouco diferentes, com vantagem para a EPL5. Mais uma prova de que apenas o sensor não é fator de qualidade. É necessário levar em conta o processador e o algoritmo que está rodando no equipamento. A EPL5 atingiu a marca de 72 pontos enquanto a OMD EM5 ficou nos 71 pontos. O fator mais surpreendente foi o rendimento do ISO, onde a pequena câmera atingiu a pontuação de 889, sendo que as diferenças entre as duas câmeras se acentuam a partir do ISO 3200.

Dessa maneira, o sensor da Olympus Pen EPL5 se configura como o melhor dentro da categoria micro-quatro-terços, o que não é pouca coisa. Para quem se interessou, a câmera pode ser encontrada pela bagatela de US$ 700,00 equipada com a lente básica do kit, a 14-42mm.

relacionados


Comentários