Meio Bit » Baú » Fotografia » A Nikon D600 é um aspirador de pó

A Nikon D600 é um aspirador de pó

14/11/2012 às 19:30

Eu acho essas coisas maravilhosas. A empresa investe milhões em tecnologia, desenvolvimento de novas característica para seus equipamentos e, mesmo depois de décadas fabricando câmeras fotográficas, ainda pode cometer erros que muitos podem considerar como idiotas. E não estou falando isso apenas para a Nikon, pois ainda não esquecemos o erro idiota de fotometria que acontecia quando a luz do painel superior da Canon 5D Mark III estava acesa. Uma coisa boba que o recall oficial da Canon resolveu colocando fita preta dentro da câmera. Agora a Nikon chega com sua pequena parte dentro da história dos projetos que não tiveram 100% de eficiência.

Algum tempo atrás uma empresa que aluga câmeras fez uma reclamação alertando que os sensores da novíssima Nikon D600 estavam ficando literalmente imundos depois de pouco uso. Logo depois muita gente começo a reclamar deste fato nos fóruns da internet, vários blogs fizeram resenhas negativas e o Dpreview anunciou que estava investigando o problema. Alguns já estão chamando a câmera de aspirador de pó, o que não pega muito bem para a imagem da empresa. Falando em empresa, fica apenas o silêncio já que até agora não tivemos nenhum pronunciamento oficial da Nikon. Enquanto isso as piadas e reclamações vão se espalhando.

Para colocar mais lenha na fogueira, o blog espanhol Foto Actualidad publicou hoje a foto abaixo mostrando a sujeira acumulada em uma D600 com apenas 4 semanas de uso. Minha câmera passou por uma limpeza há mais de 12 meses e não existe nenhuma sujeira visível nas fotos até agora. Ou seja, alguma coisa está muito errada. Se a Nikon confirmar que isso é um problema do equipamento é claro que não será resolvido por atualização do firmware. Os felizes proprietários terão que seguir até uma manutenção autorizada para fazer o reparo. Ai fica a grande pergunta: e o pessoal que não tem nota fiscal do equipamento? Provavelmente vai ter que colocar a mão no bolso.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários