Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Bill, vou contar um segredo, você está perdendo dinheiro

Bill, vou contar um segredo, você está perdendo dinheiro

24/05/2007 às 21:35

O Open Source tem essa imagem de que o pessoal quer tudo de graça. É verdade, quer, o preço é um fator MUITO importante. Mas no caso das empresas, elas QUEREM pagar por uma estrutura de suporte. É essencial. É disso que a Red Hat vive, ora bolas. E vive bem, pois os custos de licenciamento de aplicações OpenSource são absorvidos de forma mais pacífica, pelas empresas que adotam essa linha. Mesmo que não sejam, racionalmente, tão próximos de zero quanto alguns acham. Muito pelo contrário.

Peguemos um exemplo: O Windows Vista Business, Full na Amazon custa US$269.99. Isso te garante algum suporte telefônico, suporte básico por email e upgrades e updates até o final da vida útil do produto, que é de no mínimo 5 anos.

O Novell SuSE Linux Enterprise Server é, em teoria, gratuito, mas se você não adquirir uma assinatura, não poderá atualizar seu sistema, nem instalar correções disponibilizadas pela Novel. A assinatura mais barata custa US$349/ano. Dá direito a 30 dias de suporte padrão e um ano de atualizações. Em cinco anos teríamos investido US$1745.00.

Se você ficar no campo do desktop, o pacote de assinatura do SuSE passa para US$50.00 - garantindo upgrades e atualizações, sem suporte. US$250.00 em cinco anos.

Preço conta na pirataria. Se a Microsoft oferecesse o Windows no mesmo modelo do SuSE, teríamos uma quantidade muito maior de usuários pagantes. Os vendedores de Hardware como a Dell poderiam oferecer hardware a preço inferior, o que ajudaria nas vendas.

Dada a quantidade de gente que usa até hoje Windows 2000, teríamos aí um retorno de US$350.00 por cópia. Há máquinas até hoje rodando Windows 98. US$450.00 por cópia.

Isso sem a pressão de disponibilizar suporte, helpdesks, hotlines e similares.

Em teoria se a Microsoft disponibilizasse seus sistemas operacionais mais caros de graça, com uma assinatura para atualizações custando US$50/ano ainda estaria ganhando o mesmo que ganhava no modelo tradicional, e seria sete vezes mais barata que a Novell.

Se isso não é um modelo viável não sei mais o que é.

relacionados


Comentários