Meio Bit » Baú » Mobile » Perigo: Funcionários de operadora de celular roubando fotos de clientes peladas

Perigo: Funcionários de operadora de celular roubando fotos de clientes peladas

03/11/2012 às 20:00

zooey

Não ela, infelizmente

A canalhice humana é algo que não tem limite, e é uma das primeiras áreas a se aproveitar das novas tecnologias. Um bom exemplo é um vermezinho de nome Joshua Stuart e seu comparsa, Gregory Lambert. Os dois trabalhavam (é seguro colocar no passado) em uma loja da Verizon Wireless em Brandon, Flórida.

Um belo dia um cidadão chegou para fazer comprar um celular novo. A loja oferecia serviço de transferência de dados, migrando fotos, músicas, etc. Enquanto fazia o serviço, Joshua puxava papo, perguntou se o cidadão frequentava os bares da região, se conhecia as garçonetes gostosas. Ele respondeu que não.

Joshua então abriu um folder no celular e começou a mostrar fotos de uma dona boa, em variados estágios de nudez e atividade fornicatória. Havia inclusive closes lá da região onde tudo começa e tudo se resolve.

Todos riram, mas o que os manés não contavam é que o cidadão era amigo da garçonete em questão. Chegando em casa ele ligou para a amiga, que deu parte na polícia e os dois foram presos na hora. No computador dos vagabundos fotos dela, roubadas quando foi atualizar o celular, e de várias outras mulheres ainda não identificadas.

Isso foi uma das suspeitas no caso da Carolina Dieckmann, que o pessoal da manutenção tivesse malocado as fotos comprometedoras. É complicado, mas é a realidade. Confia-se mais no técnico de computador do que no médico.

Se você, mulher jovem bonita e carinhosa que faz o homem gemer sem sentir dor, for deixar o celular na manutenção, ESVAZIE-O ANTES. Não estou de forma alguma culpando a vítima, é só uma forma de evitar futuro e inevitável stress.

A única forma de suas fotos pelada não se espalharem pelo mundo, cara amiga, é não tirando-as. Essas coisas SEMPRE vazam, e só muito raramente temos a satisfação de ver os canalhas que fazem isso sendo presos.

relacionados


Comentários