Meio Bit » Baú » Fotografia » Nikkor AF-S DX 18-300mm ED VR - Análise no Dpreview

Nikkor AF-S DX 18-300mm ED VR - Análise no Dpreview

01/11/2012 às 12:55

E o Dpreview, aquele site que todo editor de fotografia gostaria de trabalhar, teve acesso a nova Nikkor AF-S DX 18-300mm f/3,5-5,6 ED VR e já colocou no ar um review completo mostrando os pontos positivos e negativos da nova lente. Acho que todo mundo ficou animado com esse lançamento da Nikon, pois seria uma lente para ficar acoplada à câmera constantemente. Pessoas que se iniciam no mundo das câmeras reflex, principalmente se vindas do mundo das ultrazoons, sentem falta de lentes com mais poder de aproximação e ficam frustradas com a necessidade de ter uma lente para cada ocasião, principalmente por conta do alto preço do acessório. Nisso temos que dar um grande crédito para a Nikon, pois entendendo essa necessidade dos iniciantes colocou no mercado várias lentes voltadas para essa necessidade.

A Nikkor AF-S DX 18-300mm f/3,5-5,6 ED VR possuí 16,7x de zoom ótico e, levando em conta o fator de corte das câmeras DX, se comporta como uma 27-450mm. Deve ser suficiente para você poder fazer aquela foto bacana da natureza, da Lua ou da vizinha do prédio em frente, e ainda fotografar a festa de aniversário do seu filho. A lente é formada por 19 elementos (caraca) distribuídos em 14 grupos, sendo 3 de cristal ED e 3 asféricos. A lente também está equipada com sistema de estabilização de imagem com 4 pontos de compensação e a distância mínima de foco fica em 0,45m em toda o range focal. A lente pesa 830 gramas, mede 120mm e custa US$ 999,00. Ela foi planejada para ser utilizada nas câmeras com sensor cropado da empresa (DX), mas pode ser utilizada nas full frame com o DX crop mode.

O texto do Dpreview segue uma mesma metodologia e mostra para os leitores o design e operação da lente, com as medidas e peso, além de comparação de tamanho com outras lentes da mesma categoria. Em seguida começam os testes, onde são utilizadas metodologias matemáticas e a utilização da lente em situações reais do cotidiano. Depois de tudo analisado, são levantados os pontos positivos e negativos da lente. Os positivos são a grande distância focal, boa qualidade de imagem na faixa inicial da tele, autofocus rápido e preciso, boa qualidade da construção e uma capacidade decente de fazer fotos em close-up. Agora os negativos são um pouco complicados. Entre eles distorção extrema na maior parte do range da lente, o estabilizador de imagem não é tão eficaz quanto em outras lentes da mesma categoria, principalmente quando em 300mm, e alertam que ela é grande, pesada e cara se comparada com outras lentes superzoom, chegando em alguns mercados a custar o dobro da, por exemplo, da Tamron 18 - 270 milímetros F/3.5-6.3 Di II VC PZD.

Eu, particularmente, não esperava grande qualidade de imagem da lente, uma vez que todas que já tive com grande distância focal tinham esse problema. Não se trata de um defeito, e sim de uma limitação.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários