Meio Bit » Baú » Fotografia » Victoria´s Secret - Antes e Depois do Photoshop

Victoria´s Secret - Antes e Depois do Photoshop

22/10/2012 às 16:04

A eterna discussão sobre o uso do Photoshop em imagens publicitárias ainda tem fôlego em alguns locais da internet. Para quem não conhece a história, alguns governos tentam forçar as empresas a colocarem em suas propagandas que as imagens que nelas constam foram manipuladas via software e que não representam a realidade. Isso, em alguns casos, tenta lutar contra a ditadura dos corpos perfeitos que fazem adolescentes perseguirem um ideal de beleza que muitas vezes não existe. Em outros casos essa tentativa de regulamentação visa apenas coibir propagandas enganosas, como as de creme para a pele que se utiliza de atrizes famosas e várias camadas de ajuste digital. Agora temos uma rara oportunidade de fazer um comparativo do uso das ferramentas de edição de imagem em fotografias publicitárias.

Em agosto, uma boa quantidade de fotos da modelo Doutzen Kroes, que foi fotografada para o catalogo de setembro da Victoria's Secret, acabou sendo enviada para uma parte pública do site da empresa sem passarem pelos devidos retoques da pós-produção. Todo mundo acredita que esse tenha sido um erro do gerenciamento do site (será culpa do estagiário?), mas como o povo não perdoa, essas imagens foram amplamente divulgadas pela internet. Olhando as fotos, provavelmente convertidas diretamente do arquivo Raw, vemos um trabalho fotográfico competente, uma modelo em forma e muito bonita. Isso nos faz pensar se retoques digitais são realmente necessários com esse tipo de fotografia. Mas, claro que é sempre possível melhorar o trabalho da natureza, pelo menos no que se refere ao corpo de uma linda mulher. Você pode ver aqui as fotos sem retoque.

Agora, finalmente, o catalogo oficial foi lançado e podemos comparar as fotos que foram retocadas com as originais que vazaram alguns meses atrás. Quem fez isso de maneira bem detalhada foi o pessoal do FStoppers mostrando foto por foto o que mudou. Em alguns casos temos ajustes básicos como cor, contraste e brilho, mas em outros até as cores da roupa foram mudadas. Vejam abaixo dois exemplos.

Edição básica de cor, contraste e brilho (4), nada mais normal se pegarmos um arquivo RAW de nossa câmera. Mas, temos aqui também um pouco de manipulação. As marcas de expressões faciais foram retiradas da imagem (1), assim como as dobrinhas na curvatura da cintura (2) e da pele das axilas (3). A maior mudança aqui foi a retirada da alça da parte superior do biquine (5) o que seria, a meu ver, uma pequena trapaça mostrando que a peça fica bem exuberante no corpo da modelo.

Aqui também temos a suavização das dobras de pele na curvatura da cintura (1), das veias do braço (2) e da pele nas axilas (3). Na barriga, as sombras causadas pela luz foram retiradas (4) para não eliminar a aparência de corpo bem definido e por último, e que pode ser visto em várias das fotos, foi eliminada os traços da calcinha protetora que é usada sob a peça de baixo do biquine para que o mesmo possa ser guardado e usado novamente em outros eventos (5).

Sinceramente, tirando o fato das alças do biquine serem retiradas de algumas fotos, eu não achei a edição passível de críticas. A modelo realmente é bonita e seu corpo segue o padrão exigido pelo mundo da moda. As correções aplicadas foram apenas pontuais e não modificou de forma abusiva o produto. Se você quer ver todas as fotos analisadas então é só dar uma olhada no texto do fStoppers.

relacionados


Comentários