Meio Bit » Baú » Fotografia » You Are Not a Photographer - trabalhos inspiradores

You Are Not a Photographer - trabalhos inspiradores

15/10/2012 às 15:26

Bem, já falamos por aqui, e todo blog de fotografia já falou isso também, que existem vários profissionais por ai no mercado que precisam urgentemente fazer umas aulas de fotografia e aprender um pouco de estética visual. Isso não é apenas uma brincadeira de nossa parte e sim a mais pura verdade. A fotografia digital foi uma revolução, se pensarmos bem a segunda revolução na fotografia. A primeira foi quando a Kodak inventou as primeiras câmeras compactas com filme de rolo, o que propiciou a todas as pessoas do mundo a possibilidade do registro fotográfico de seu cotidiano. Antes, para ter um retrato seu ou da família, era necessário contratar um fotógrafo profissional.

Com o digital a coisa ficou mais fácil, pois antes era comum cada família ter uma câmera e agora o normal é que cada membro da família tenha sua própria câmera, seja uma compacta ou um celular. Nunca se fotografou tanto e a imagem viajou tão rápido quanto nos dias de hoje.

Nunca se fotografou tanto e com tão pouco conhecimento de regras fotográficas e de estética visual como agora. Exemplos disso podemos ver todos os dias nos blogs, redes sociais e e-mails que recebemos. Dentre essa avalanche de fotografias mal feitas encontramos imagens de amadores e também de pessoas que se dizem profissionais. Pessoas que acharam fácil fotografar e que começam a executar um assassinato visual com suas câmeras e não tem medo ou vergonha de assinar o trabalho e colocar no Facebook, por exemplo.

É desse grupo específico de "profissionais" que o site You Are Not a Photographer gosta de zoar, pisar e azucrinar constantemente. A premissa do site é simples, localizar no Facebook as contas de fotógrafos e procurar por imagens bizarras que foram publicadas como sendo profissionais. Aliás, a maioria das fotos possui algum tipo de assinatura ou marca d'água que identifique o fotógrafo. Felizmente o site edita essas marcas retirando o nome da pessoa e deixa apenas o Photographer de cada assinatura. Ou seja, o autor fica anônimo. A maioria dos "homenageados" são americanos e podemos ver coisas lindas como montagens bizarras, poses malucas e cores que desafiam a realidade. Além das imagens que desconsideram totalmente as técnicas fotográficas, também temos as montagens que revelam o lado mais brega de alguns fotógrafos americanos. Destaque também para os comentários ácidos embaixo de cada foto. Vejam alguns exemplos abaixo.

Eu Acho que a vovó fez uma foto melhor do que esse cara 🙂

Essa é a festa dela e ela vai esfregar bolo em sí mesma se ela quiser.

Isso é um tom de pele bastante alarmante, mas não se preocupe, o seu pai foi um dos California Raisins.

Essa a gente não precisa nem comentar

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários