Meio Bit » Arquivos » Indústria » Meu iPhone branco é doce, doce: Nokia, você ainda quer me convencer a andar com o Lumia amarelo?

Meu iPhone branco é doce, doce: Nokia, você ainda quer me convencer a andar com o Lumia amarelo?

Nokia e Samsung promovem seus novos smartphones em cima da fama do iPhone.

03/10/2012 às 15:15

Laguna_SamsungS3_03out2012

A fila para comprar o iPhone 5 na loja da Samsung.

Logo depois do evento especial da Apple, a Samsung aproveitou o momento de forte ansiedade alheia preparando uma bela ação publicitária com o Galaxy S III.

O comercial da Samsung, lançado na mesma semana em que saía o produto concorrente, incluiu uma verossímil Apple Store falsa e atacava o então lançamento do iPhone 5 fazendo chacota do novo aparelho da Apple para quem estava na (longa!) fila para comprá-lo.

Ainda bem, para a Apple, que a Samsung não sabia dos problemas com a câmera do iPhone 5 naquele momento.

Voltando ao presente, mais especificamente ontem (2 de outubro), foi lançado um comercial alemão da Nokia (logo abaixo) em que há outra bela alfinetada à Apple:

http://www.youtube.com/watch?v=Zjrv9-Botx8Nokia Deutschland — Nokia Lumia 920 - Time to #switch

Laguna_Lumia920_03out2012

Este é meu Lumia 920 amarelo, não tão doce quanto um caramelo?

A empresa japonesa finlandesa zomba, com o Lumia 920, do facto de o iPhone 5 ter apenas duas opções de cores, preto e branco, enquanto o smartphone com Windows Phone 8 será oferecido em diversas cores.

O curioso é saber que, ao contrário do Galaxy S III e do iPhone 5, este Lumia ainda não deu as caras no mercado (somente no final de outubro) e a Nokia já chama o principal smartphone concorrente de “chato e sem graça”.

Laguna_iPhoneLumia_03out2012

Nokia: iPhone é monótono.

Meio alheia à tudo isso, ao menos o vice-presidente de design da HTC está a se esforçar para obter “o melhor aparelho WP8”, inclusive batizando os modelos de Windows Phone 8S e Windows Phone 8X.

O tio Laguna acha que as campanhas publicitárias da Samsung e da Nokia foram muito boas, mas será que é necessário citar e caçoar do principal concorrente nelas? Não dá para tentar alguma campanha mais criativa e que não precise usar o iPhone para se promover?

relacionados


Comentários