Meio Bit » Arquivos » Games » Quando uma desenvolvedora reconhece o seu erro

Quando uma desenvolvedora reconhece o seu erro

Atsushi Inaba, diretor executivo da Platinum Games, reconhece que a conversão de Bayonetta para o PS3 teria sido equivocada.

28/09/2012 às 15:03

dori_bay_26.09.12

Se há uma coisa que as desenvolvedoras de games (e os responsáveis por elas) não costumam ser, é humilde. Muitas vezes vemos estúdios tentando defender suas criações e pontos de vista a todo custo, ignorando completamente as críticas e os erros cometidos por eles e por isso acho que a seguinte declaração de Atsushi Inaba, diretor executivo da Platinum Games, sobre a versão do Bayonetta para PS3 deve ser elogiada:

A maior falha já cometida pela Platinum até o momento, aquela que permanecesse na minha cabeça, foi a conversão do Bayonetta. Na época nós não sabíamos muito bem como desenvolver para o PS3 e se poderíamos ter feito… é irrelevante: nós tomamos a decisão de que não poderíamos, mas olhando agora para o resultado e especialmente para o que acabou sendo liberado para os jogadores, considero como sendo nosso maior erro.

Uma coisa que preciso dizer é que não foi um fracasso em vão. Nós aprendemos que precisamos assumir responsabilidades por tudo, então com o Vanquish desenvolvemos ambas as versões internamente. Nós aprendemos, por isso não foi uma falha sem sentido, mas ainda assim foi uma falha.

Inaba disse ainda que como o contrato com a SEGA para a criação de cinco títulos acabou com o lançamento do Anarchy Reigns, eles fecharam uma parceria com a Nintendo, o que explica as exclusividades dos jogos The Wonderful 101 e Bayonetta 2.

Quanto a declaração do executivo, acho mesmo que eles conseguiram tirar algo de positivo ao verem a conversão feita pela SEGA apresentar tantos problemas e ser duramente criticada, pois o Vanquish para PlayStation 3 é um jogo fantástico e muitas pessoas já apostam que o Metal Gear Rising: Revengeance ficará melhor no console da Sony.

Fonte: Edge.

relacionados


Comentários