Meio Bit » Baú » Games » Platinum Games estuda criar jogos para PC

Platinum Games estuda criar jogos para PC

27/09/2012 às 15:11

dori_vanq_26.09.12

Nos últimos anos tenho visto vários jogadores reclamando da ausência no PC de alguns bons jogos lançados para consoles e várias são as desculpas dadas pelos envolvidos para isso acontecer. No entanto, o que muitos acabam esquecendo é que produzir para os computadores pode ser até mais barato que para os videogames, sem falar em iniciativas como o financiamento feito pelos próprios jogadores, algo que tem ganhado espaço ultimamente.

Pois um estúdio que parece muito interessado em fazer sua estreia nos computadores é a Platinum Games. Responsáveis por títulos bastante elogiados como o Vanquish e o Bayonetta, o diretor executivo Atsushi Inaba declarou que eles estão olhando com cuidado para os serviços de distribuição digital e como a decisão sobre em qual plataforma um jogo deve sair fica a cargo da editora, contar com a ajuda da comunidade seria uma boa opção.

… Muitas editoras não enxergam o PC como uma plataforma importante. O custo de desenvolvimento de jogos para consoles é muito alto, então precisamos de parcerias com editoras para criar esses jogos. Eu estive pensando – com o nosso dinheiro – sobre criar jogos para o Steam. Isso poderia nos dar a possibilidade de nos tornar uma editora, o que é muito atraente para mim.

Se olhar para o mercado de consoles no Japão e o comparar com o resto do mundo, ele não é assim tão grande. Então eu vejo o PC como uma área com enorme potencial. Seria fantástico se pudéssemos iniciar um Kickstarter e arrecadar dinheiro suficiente para um jogo que seria lançado pelo Steam.

Não ficou claro no entanto se a possível tentativa de financiar algo através do popular serviço de vaquinha seria uma conversão de um dos jogos já criados por eles ou uma criação nova, mas na minha opinião, casos eles resolvam arriscar, conseguirão o valor almejado sem muita dificuldade e no fim todos viverão felizes para sempre, a empresa e os jogadores.

[via Polygon]

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários