Meio Bit » Arquivos » Games » Sem Nintendo, Bayonetta 2 nunca existiria

Sem Nintendo, Bayonetta 2 nunca existiria

24/09/2012 às 16:00

De tempos em tempos a indústria de games recebe algum lançamento capaz de polarizar as opiniões e o Bayonetta foi um destes casos. Enquanto li muitos comentários de pessoas que odiaram o jogo, várias outras simplesmente o idolatraram, chegando a dizer que a criação da Platinum tinha um sistema de combate tão profundo quanto o de um jogo de luta como o Virtua Fighter.

Para os que conseguiram ver algo de bom no game, a má notícia é que uma continuação não deveria acontecer, mas surpreendentemente a desenvolvedora aproveitou o anúncio da data de lançamento do Wii U para revelar que o console receberá exclusivamente o Bayonetta 2 e ainda mais chocante foi ver a reação de muitos fãs que se sentiram traídos por isso. Sim, os caras não gostaram de saber que o título sairá apenas para o novo videogame, achando melhor que ele não existisse e sobre o assunto, o diretor executivo Atsushi Inaba, disse o seguinte:

Poderia o Bayonetta 2 não existir sem a Nintendo? A resposta é sim. Não estamos vendo isso como uma mudança de plataforma. Estávamos procurando um parceiro para criar o Bayonetta 2 e a Nintendo era uma forte e cooperativa parceira que estava disposta a criar e desenvolver o jogo conosco.

Portanto, seria bom se o jogo aparecesse em todas as plataformas existentes? Sem dúvida! Assim a maior quantidade possível de pessoas teria acesso a ele e todos viveriam felizes para sempre, mas como foi a Nintendo quem resolveu apostar na produção, nada mais justo do que eles decidirem onde o jogo poderia ser lançado, no caso, obviamente apenas no seu console.

Tal iniciativa pode servir para nos mostrar que a fabricante está realmente interessada em conquistar os jogadores hardcore, então se você for um deles e que estava aguardando impacientemente um novo Bayonetta, é bom começar a juntar dinheiro para um Wii U.

[via Polygon]

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários