Meio Bit » Baú » Games » Segundo designer do Assassin's Creed III, Easy mode pode arruinar um jogo

Segundo designer do Assassin's Creed III, Easy mode pode arruinar um jogo

07/09/2012 às 15:30

dori_ac3_04.09.12

E se de um lado temos o responsável pelo Dark Souls estudando a possibilidade de fazer com que seu jogo se torne mais acessível, do outro temos a opinião de Alex Hutchinson, designer chefe do Assassin's Creed III, que durante uma entrevista criticou duramente a ideia das desenvolvedoras incluírem modos mais fáceis nos games para fazer que um número maior de pessoas possa aproveitá-los.

Muitos jogos tem sido arruinados pelo easy mode. Se você tem um shooter onde devemos nos proteger atrás de objetos e muda para uma dificuldade mais branda, não precisará utilizar a proteção, é como se tivesse quebrado o game. Você faz um jogo que é essencialmente a pior versão possível dele. É como se pegasse um livro e dissesse, ‘Você quer a versão fácil ou a complicada?’

É claro que o problema se agrava por estarmos falando de uma mídia onde a habilidade do usuário deve ser levada em conta, ao contrário de um filme ou livro e embora eu concorde que a variação de dificuldade possa alterar consideravelmente a experiência, não gosto muito da ideia de fazer com que os não gostam muito de títulos mais desafiadores não possam aproveitar este ou aquele jogo.

Ter nas mãos um game que funciona como um passeio pelo parque pode fazer com que ele se torne entediante rapidamente e até mesmo passar uma imagem equivocada do que os criadores planejaram, mas no fim acho que o melhor é deixar que o consumidor decida se quer ter algum desafio ou apenas sentar diante da TV e deixar que tudo passe diante dos seus olhos sem praticamente lhe exigir algum reflexo. Só não vale reclamar depois que o jogo não tem muita graça.

[via Edge]

relacionados


Comentários