Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Em 11 horas, outro lançamento espacial, mas esse o Stallman aprova.

Em 11 horas, outro lançamento espacial, mas esse o Stallman aprova.

11/08/2012 às 23:08

capsuladomal

Não é preciso pensar muito para deduzir que Richard Stallman não deve ser muito fã da Curiosity, rodando seu sistema operacional proprietário e não disponibilizando o código-fonte e esquemas de hardware, mas com certeza ele aprova a Copenhagen Suborbitals.

No que é talvez o projeto OpenSource mais ambicioso desde o Tuxville (não google, pode existir) esse grupo de malucos (no mais elogioso sentido da palavra) resolveu fazer algo que até pouco tempo atrás era exclusivo de Nações ou grandes corporações, algo que o Brasil ainda está uns 30 anos de conseguir: Colocar um humano no espaço. Só isso.

O projeto é bancado por doações, patrocinadores e desenvolvido por voluntários, muitos profissionais da indústria aeroespacial, que em seus momentos de folga, constroem foguetes.

Na foto acima temos a Tycho Deep Space, uma cápsula de testes com capacidade de um passageiro, com 500Kg de peso e 2m de diâmetro. Se tudo der certo ela será lançada em um vôo de testes na madrugada de domingo. Daqui a algumas horas.

Os caras são tão ousadas, pensam tão fora da caixa que bolaram o Tycho Brahe, esse híbrido foguete/cápsula aqui:

tycho02_850

Só digo uma coisa; Há que ter cojones pra encarar essa viagem. E sim, ele voou. Com o primo do Buster, claro, foi um primeiro teste e não quiseram arriscar um piloto, mas voou:

O que assusta é que o grupo foi fundamento em 2008, e já estão com uma cápsula praticamente pronta, e avançando a passos largos, inclusive com uma plataforma marinha de lançamentos e um submarino, projetado só pra levar a plataforma até a posição de decolagem.

O orçamento de testes para 2012, incluindo o lançamento de hoje é de ridículos 19 mil Euros. O orçamento total deles é na faixa de US$60 mil/ano. E conseguem ter a decência de não explodir foguetes ou engenheiros.

betty2

A técnica de lançamento da cápsula lembra muito o sistema de fuga das cápsulas Apollo. Foguetes em ângulo promoverão força ascensional e depois de atingir 1Km de altitude, cargas pirotécnicas separarão cápsula e foguete. Ambos descerão de para-quedas, pois não dá pra desperdiçar um foguete assim, com o orçamento apertado deles.

Veja o teste de separação:

O lançamento de testes será daqui a pouco. Quer acompanhar? Olhe pra baixo:

relacionados


Comentários