Meio Bit » Baú » Indústria » Chega de Conceitos

Chega de Conceitos

18/03/2007 às 14:43

disposable-camera.jpg

Antigamente os produtos chegavam às lojas e descobríamos as novidades nas vitrines. Depois começaram a aparecer nos anúncios de jornais. Eventualmente criaram o conceito de teaser, e dicas eram dadas, avisando que algo novo chegaria.

Depois as revistas passaram a receber com antecedência e publicar matérias sobre futuros lançamentos. Legal.

Também víamos discussões sobre novas tecnologias, seus possíveis usos futuros. Isso era excelente.

De uns tempos pra cá isso tudo não basta mais. Começaram a divulgar protótipos. OK, entendo isso na Indústria Automobilística, um carro-protótipo é algo que, mal-ou-bem funciona. Anda. Cumpre o que se propõe, não é vendido por questões geralmente econômicas.

Só que agora nem o protótipo mais adianta. Inventaram o "conceito". Ao invés de desenvolver algo, você cria uma imagem no Photoshop, um modelo no VU-3D e solta na Internet, para um bando de nerds babarem. "oh, que lindo, que idéia duca, show..."

O iPhone foi uma praga em termos de conceitos. Teve gente fazendo vídeos, comercais inteiros baseados em idéias falsas, em um caso clássico de autopromoção. "vai que cola", e a Apple oferece um caminhão de dinheiro pro cara.

Isso atrapalha a própria indústria, atrapalha que acompanha (e compra) produtos de verdade e atrapalha quem vende. Como você vai explicar pro sujeito que aquele telefone lindo saído de Jornada nas Estrelas é só uma imagem de Photoshop?

Por isso, irei boicotar Photoshops e "conceitos", exceto quando venham dos próprios fabricantes. Chega de perder tempo com ficção científica disfarçada. Ter idéias é fácil, vou prestigiar quem as têm e rala para colocá-las no mercado.

relacionados


Comentários