Meio Bit » Baú » Games » [email protected]: PS3 ajudando a ciência

[email protected]: PS3 ajudando a ciência

15/03/2007 às 23:20

O PlayStation 3 é uma super máquina, carrega em seu interior o melhor do hardware que existe para videogames. Mas toda essa tecnologia - e o preço - não empolgam a multidão de gamers ao redor do globo. Já que tal console tem potência de sobra, por que não usá-la em coisas úteis para a ciência? A partir de 24 de Março, os donos do PS3 poderão usar os ciclos ociosos do poderoso processador Cell para ajudar no combate ao câncer, Parkinson, Alzheimer, e fibrose cística.

Fazer pesquisas complexas exige poder de processamento dos computadores. Um cientista sozinho não consegue fazer todos os cálculos necessários para concluir os seus experimentos. Surgem então os projetos de computação distribuída na qual partes pequenas do processamento ocorrem em milhares de máquinas independentes espalhadas pelos cantos do planeta. Eu rodo no meu PC o Prime95, para calcular números primos (coisa de geek). Outros preferem disponibilizar seus ciclos ociosos para achar vida extraterrestre (SETI ) ou ainda a cura para doenças com o [email protected].

Quando você está no processador de textos ou no navegador da web, boa parte do poder de processamento do seu PC está ocioso. Usando um desses projetos de computação distribuída é possível transformar dados em informações e energia elétrica em calor (o consumo do seu PC irá aumentar, nada monstruoso). Pelo menos, se o PS3 não vingar como console preferido desta geração de videogames, pode se tornar um ótimo instrumento de pesquisa.

[via Joystiq ]

relacionados


Comentários