Meio Bit » Baú » Hardware » Como se tornar um carpinteiro milagreiro sem depender de nepotismo

Como se tornar um carpinteiro milagreiro sem depender de nepotismo

09/08/2012 às 17:28

Cortar lenha é fácil, assim como montar móveis do Shopping Matriz (embora eu nunca tenha entendido por quê todas as mesas que compro têm 3 pernas). Fazer coisas complicadas em madeira é… complicado, mas… e se não fosse?

Foi isso que imaginou Alec Rivers, ao tentar usar as ferramentas do avô e descobrir que marcenaria demanda talento. Ele percebeu que a tecnologia podia ajudar, e fazer com que as criaturas mais inaptas produzissem marcenaria de qualidade.

Rivers só era incompetente com madeira. Fora da oficina ele era um estudante PhD de engenharia elétrica e Ciência da computação do MIT, e como se não bastasse, pediu ajuda de um amigo e professor do laboratório de Ciência da Computação e Inteligência Artificial, além de um estudante de graduação de engenharia mecânica, afinal é preciso alguém para meter a mão na massa e engenheiros são os Oompa Loompas da Ciência.

Eles criaram um “roteador”, algo bem mais simples que uma máquina CNC, e infinitamente mais barato. O equipamento utiliza marcadores para se posicionar na tauba, o operador movimenta o conjunto, na direção indicada pelo contorno pré-programado, e a inteligência do bicho cuida, com motores, de posicionar a cabeça de corte no local certo.

É simples, intuitivo e deve ser danado de divertido de usar, veja só:

O projeto vai ser apresentado na SIGGRAPH essa semana, e os caras já estão pensando em acoplar uma versão maior a uma empilhadeira, atuchar um maçarico na ponta e cortar chapas de aço.

Fonte: PS

relacionados


Comentários