Meio Bit » Arquivos » Demais assuntos » A Viacom está aprontando

A Viacom está aprontando

13/02/2007 às 17:55

Ao que tudo indica a Viacom resolveu bancar a esperta para cima do Google.

Depois de mandar remover mais de 100.000 vídeos do YouTube, a Viacom diz que todos poderão usar seus vídeos gratuitamente em seus sites.

Alguma coisa fede nesta história, conhecendo a fama das companhias de mídia, não é de se estranhar se isso for só mais uma estratégia para tentar arrancar mais alguma coisa do Google.

Em teoria a negociação entre a Viacom e o Youtube ainda está em andamento, mas segundo a Viacom, não é possível fechar um acordo nos termos atuais.

Não consigo entender como nada pode ser mais que alguma coisa (seja quanto for).

Então, por que seria mais jogo para a Viacom disponibilizar os vídeos gratuitamente para todos do que aceitar algum acordo com o Google?

A única resposta que vem a minha cabeça é uma estratégia para tentar pressionar o Google a fazer um acordo que seja benéfico para a Viacom.

Com certeza, esses dinossauros da mídia, não querem parecer bonzinhos, já que não ganham um centavo com isso e as táticas de pressionar quem está do outro lado, são muito comuns.

O que leva a supor que, como o acordo não veio como eles queriam, retiraram os vídeos e deram a declaração de que disponibilizariam gratuitamente, na esperança do Google ficar preocupado com o fim do YouTube e fazer um acordo melhor.

Será que o Google vai ficar preocupado?

Acho que não:

  • O Google comprou um site que todo mundo dizia que lhe traria problemas.
  • O que são 100.000 vídeos em um site que tem milhões de vídeos?
  • Como o Google acatou a solicitação de remoção dos vídeos, continua protegido pelo DCMA, portanto um processo seria inútil.
  • Será que de um dia para outro o mundo de visitantes do YouTube deixaria de acessá-lo só para pegar uns vídeos da MTV?
  • A MTV, ainda é tão interessante assim?

Acho que a Viacom está superestimando seu poder de fogo e pode acabar se dando muito mal por causa disso, ficando sem a audiência no YouTube e sem a audiência em seu site.
Brigar com o Google nunca foi uma boa estratégia, para ninguém, a não ser que você more na Europa.

relacionados


Comentários