Meio Bit » Baú » Games » Ubisoft diz que atual geração está punindo a indústria

Ubisoft diz que atual geração está punindo a indústria

24/07/2012 às 13:00

dori__ac3_23.07.12

Há poucos dias vimos o diretor de tecnologia na Square Enix afirmar que a longa duração da atual geração está fazendo com que os consoles percam espaço no mercado, uma opinião que pelo menos foge um pouco do que tem sido dito pelos que defendem a chegada de novos videogames, como é o caso de Yves Guillemot, CEO da Ubisoft e que também joga a culpa pela falta de criatividade no limitação técnica do Xbox 360 e do Playstation 3.

O que perdemos foi um console há cada cinco anos. Fomos penalizados pela falta de novos consoles no mercado. Entendo que as fabricantes não os queiram com muita frequência porque são caros, mas é importante para toda a indústria ter novos consoles porque isso ajuda a criatividade.

É muito menos arriscado para nós criar uma nova propriedade intelectual e novos produtos quando estamos no início de uma nova geração. Nossos consumidores estão mais abertos a coisas novas. Nossos consumidores reabrem suas mentes – e realmente vão atrás do que é melhor. No fim da geração de uma console, eles querem coisas novas, mas não as compram tanto. Eles sabem, que seus amigos jogarão Call of Duty ou Assassin's Creed e seguem a onda. Então o fim de uma geração é muito difícil.

Talvez isso explique porque a Ubi não tem a menor vergonha de lançar um Assassin's Creed por ano e Guillemot pelo jeito preferiu não falar sobre a “coragem” de alguns estúdios que colocaram – ou colocarão – no mercado várias novas marcas, como o Dragon’s Dogma, The Last of Us, Beyond: Two Soul, Dishonored e Watch Dogs, ao invés de se acomodarem e ficarem esperando que os novos videogames cheguem ao mercado. E isso sem falar nas franquias que estão na indústria por diversas gerações, poucas vezes trazendo algo novo a cada lançamento.

[via Gamasutra]

relacionados


Comentários