Meio Bit » Baú » Games » American McGee fala sobre futuro dos consoles, F2P e Ouya

American McGee fala sobre futuro dos consoles, F2P e Ouya

20/07/2012 às 16:30

dori_alic_17.07.12

Durante uma entrevista ao site GameInformer, o game designer American McGee descreveu as dificuldades em lucrar com a venda física, ao contrário do que acontece no modelo Free-to-Play, onde é possível lançar um título e ir melhorando-o aos poucos, até que o lucro comece a entrar. Segundo ele, a situação é tão crítica que os games gratuitos criados pelo seu estúdio, a Spicy Horse, já lhe renderam mais do que o Alice: Madness Returns.

Para ele, o futuro dos consoles está nos jogos pela nuvem e ao lhe perguntarem se pretendem voltar a criar para os videogames de mesa, deu a seguinte resposta:

O nosso estúdio não considera voltar ao desenvolvimento tradicional para consoles, mas acho que acabaremos estando no lugar certo quando os consoles voltarem para nós. Com isso quero dizer que esperamos que a definição de ‘console’ mude radicalmente nos próximos dois anos. Nossos consoles se tornarão nossos dispositivos móveis (ou se preferir: nossos diapositivos móveis se tornarão nossos consoles). Estamos vendo a mudança acontecer neste momento e o desenvolvimento e a tecnologia que estamos construindo na Spicy está pronta para a próxima onda.

McGee então foi questionado sobre o Ouya, console que espera revolucionar o mercado usando o Android e oferecendo jogos gratuitos, quando respondeu que a sua única vantagem é possuir um joystick, já que o hardware é semelhante ao que temos nos tablets e smartphones, mas com o mesmo defeito dos videogames tradicionais, ter que ficar ligado constantemente a uma televisão.

Na minha opinião este seria mesmo o cenário ideal e sempre que falo por aqui que gostaria que os videogames fossem substituídos por poderoso celulares/tablets que pudessem ser ligados na TV e aceitassem controles sem fio, costumo ser criticado por estar defendendo o fim dos consoles, quando na verdade defendo a ideia de que pouco importa se estou jogando em um PS4 ou um iPad, desde que ambos funcionem de maneira semelhante.

Enfim, a opinião de McGee sobre o Ouya também faz sentido e depois de ler bastante sobre o novo aparelho, cheguei a conclusão de que o melhor seria cancelar minha reserva e esperar a novidade chegar ao marcado para ver se vale mesmo a pena. Pode ser um tanto covarde da minha parte, mas por enquanto acho que é o melhor a ser feito.

relacionados


Comentários