Meio Bit » Baú » Games » CD Projekt ensina como lucrar sem explorar o jogador

CD Projekt ensina como lucrar sem explorar o jogador

19/07/2012 às 10:10

dori_witc_18.07.12

Como grande parte das pessoas parecem preferir reclamar e criticar do que fazer elogios, é fácil encontrarmos textos e comentários indignados atacando desenvolvedoras e editoras que adotam modelos de conteúdo adicional para games que basicamente só visam o lucro e por isso eu me considero quase que com a obrigação de divulgar a opinião de Marcin Iwinski, co-fundador da CD Projekt. Ao ser questionado se cogitaram cobrar pela Enhanced Edition do jogo The Witcher 2, ele deu a seguinte resposta:

Bem, tivemos muitas discussões em relação a edição melhorada do The Witcher. Foi um pouco diferente porque tínhamos um acordo de publicação e agora temos um acordo de distribuição. Quando tínhamos aquele acordo de publicação, fomos à editora e dissemos, ‘Então temos esta ideia onde faremos todas essas coisas, todo esse conteúdo e o jogador não precisará pagar nada por isso, daremos tudo de graça. O que vocês acham?’ A editora arregalou os olhos e disse, ‘Uau! Vamos cobrar 10 dólares! 10 euros!’ Mas nós acreditamos que poderíamos vender mais unidades se adicionássemos o conteúdo gratuitamente.

Quando disponibilizamos aquilo gratuitamente, vimos um aumento nas vendas com o Enhanced Edition porque ela criou um ar de boa vontade e revigorou o produto. Você sempre pode fazer isso por dois ângulos e infelizmente eu vejo a indústria tendendo a explorar excessivamente o jogador. Acho que se voltará contra as editoras que estão fazendo isso e eventualmente as pessoas pararão de comprar seus produtos. Essa não é a maneira que as coisas funcionam.

Além de constantemente se posicionarem contra o DRM, a CD Projekt tem dado boas lições de como tratar o seu consumidor e com ambos The Witcher o estúdio lançou pacotes de atualizações que melhoraram todos os aspectos do jogo, chamando a atenção de muitas pessoas e fazendo com que, mesmo sem ter jogado as suas criações, eu me tornasse fã do trabalho dos caras. Como seria bom se outras empresas seguissem os passos dos poloneses.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários