Meio Bit » Baú » Internet » Brasil Telecom cobrando taxas de provedores?

Brasil Telecom cobrando taxas de provedores?

06/02/2007 às 0:23

Faz quase 7 anos que utilizo o serviço de ADSL da Brasil Telecom. Desde o início me lembro que havia uma grande discussão a cerca da obrigatoriedade do uso dos provedores, uma vez que, tecnicamente, não são necessários (o Abusar.org já se encarregava de defender os consumidores). Por outro lado, parece que existe uma exigência por parte da Anatel que proíbe as telefônicas de cobrarem por serviços de autenticação de ADSL. Muito se comentava se os provedores eram obrigados a repassarem uma verba para as telefônicas. Se não me engano, isso foi desmentido na época, porém veio a tona novamente esta semana.

Por anos usei o provedor do CREA-PR que fornecia de graça aos associados, e semana passada recebi o seguinte comunicado:

Cancelamento do Convênio Brasil Telecom e Crea-PR para autenticação ADSL
Para a autenticação de banda larga (ADSL) Brasil Telecom no provedor do Crea-PR sempre houve a isenção de custos mensais aos usuários (profissionais e empresas com registro no Crea-PR), porém, devido à nova política comercial da Brasil Telecom, o convênio agora envolverá custos para a autenticação, o que infelizmente torna inviável para o Crea-PR manter o serviço.
Informamos, portanto, que a autenticação de banda larga (ADSL) para usuários da Brasil Telecom no provedor no Crea-PR funcionará somente até o dia 28 de fevereiro. A partir de 1º de março este serviço NÃO será mais disponibilizado pelo Crea-PR, sendo necessário que o usuário utilize outro provedor de acesso internet para a autenticação da ADSL.
(...)
O provedor do Crea-PR continuará autenticando usuários banda larga das operadoras GVT e Sercomtel de forma gratuita. Para os usuários destas operadoras nada será alterado.

Fui pesquisar na internet se havia algum comentário a respeito do assunto. Visitando o site do PS5 - provedor conhecido por seu preço até então mais baixo que os outros (1,99) - havia o seguinte anúncio:

De acordo com o "novo modelo de negócio" imposto pela Brasil Telecom todos os provedores de internet que utilizam seu "Serviço Turbo" (autenticação de ADSL) terão que pagar por seus usuários autenticados...
Veja abaixo a tabela de repasses:
BrasilTelecom R$ 9,57
Impostos R$ 2,11
Boleto R$ 2,80
PS5 R$ 1,99
Total R$ 16,47

Ainda não contente, procurei em fóruns para ver como andavam as coisas. Para minha surpresa, o pessoal comenta que vai mudar em massa para o ADSL Residencial - também muito barato (1,00) - pois não reajustaram os preços. Intrigado, resolvi mandar um e-mail para eles perguntando a respeito deste suposto novo contrato com a Brasil Telecom. Obtive a seguinte resposta:

Caro Luiz Eduardo,
Ainda não temos nenhuma informação para que possamos lhe passar.
Qualquer dúvida que possamos lhe ajudar por favor entre em contato.

No fim das contas não pude chegar a conclusão alguma. Como pode certos provedores estarem sabendo do tal contrato novo e outros não?

Afinal, a Brasil Telecom está cobrando ainda mais pelo seu serviço ou não? Alguém tem mais alguma informação sobre o assunto?

relacionados


Comentários