Meio Bit » Baú » Indústria » Sony fazendo água

Sony fazendo água

01/02/2007 às 4:51

shipwreck.jpg Quando a marca "SONY" aparece, qual é a primeira que coisa vem à mente? Os mais antigos, dirão: Walkman! Os mais novos: Playstation. Eu, particularmente, penso nos ótimos televisores Wega. Cada um desses produtos provou a enorme capacidade da engenharia comandada por Akio Morita.

No entanto, nos últimos meses, a empresa tem mostrado vários problemas: de baterias explosivas a atrasos no desenvolvimento de tecnologias cruciais para seu futuro.

Uma das maiores esperanças foi ( e é ), claro, o PS3. Apesar de toda a controvérsia sobre o alto preço para o consumidor e o número insuficiente de consoles durante o frustrante lançamento, a Sony faz de tudo para mostrar confiança. Mas os números falam por si e, contra fatos, não há argumentos: o console vendeu menos da metade do concorrente Wii no Japão.

O PSP também está em maus lençóis. No último trimestre do ano passado, chegou a vender 71% menos em comparação com o ano anterior. Além da fortíssima concorrência do Nintendo DS, um analista da Info-Tech Research disse que o iPhone é o principal problema da Sony. Estranho, não? São produtos tão diferentes... mas a explicação tem uma certa lógica: ambos são "gadgets" que disputam o mesmo público-alvo: adultos que gastariam US$ 500,00 num produto portátil de última geração. Como o PSP já é notícia velha, os consumidores estão deixando de comprá-lo e guardando o dinheiro para investir no telefone da Apple.

Com tudo isso acontecendo, um corte abrupto de preços do PS2 parece ser a saída. Mesmo porque, suas vendas durante o último Natal caíram 23%.

Como se a vida de Ken Kutaragi já não estivesse tão difícil, todas as divisões da Sony deram lucro, inclusive a de televisores, deficitária há alguns anos. Eu disse todas? Desculpem... exceto a de jogos eletrônicos. A divulgação dessa notícia causou a queda de mais de 1% nas ações da companhia.

No final das contas é difícil saber o que é pior: amargar nas vendas do PS3 ou ter prejuízo em cada console vendido... vamos esperar para ver se as vendas nos EUA serão suficientes para reverter esse quadro.

[ via Bloomberg, Betanews, Último Segundo ]

relacionados


Comentários