Meio Bit » Arquivos » Games » Para Molyneux, faltam celebridades na indústria de games

Para Molyneux, faltam celebridades na indústria de games

14/06/2012 às 15:00

dori_pet_13.06.12

Nós já vimos diversas explicações para as empresas lançarem incontáveis sequências para suas franquias, sendo a mais óbvia delas a segurança de vendas praticamente garantidas, mas uma solução bastante diferente para este problema foi dada pelo polêmico Peter Molyneux, a transformação de desenvolvedores em celebridades.

Há não muito tempo as editoras reprimiram vários personagens interessantes na indústria de games. Tínhamos a Bitmap Brothers, que eram pessoas bastante famosas, mas não era do interesse das editoras celebrá-las. Se mais dessas celebridades ganhassem crédito, então talvez não tivéssemos tantas sequências.

Ainda de acordo com o game designer inglês, um dos motivos para os profissionais da indústria de games não serem tão famosos como os do cinema ou da música é o medo que eles tem de falar com a imprensa e citou como exemplo Louise Murray, uma das pessoas mais fantástica com quem trabalhou e uma das responsáveis pela série Fable.

De fato, é curioso notarmos que com exceção do próprio Molyneux, um Hideo Kojima ou Shigeru Miyamoto, são poucos aqueles que conseguem chamar os holofotes para si nesse ramo e talvez a popularidade explique porque figuras como Suda 51 e Shinji Mikami são aquelas que sempre estão envolvidas com novas propriedades intelectuais. É possível que a a fama lhes ê algum poder de barganha na hora de escolherem seus novos projetos.

[via Develop]

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários