Meio Bit » Baú » Internet » 15% dos emails corporativos são pura fofoca

15% dos emails corporativos são pura fofoca

10/06/2012 às 23:51

PD*33422525

Uma vez a Internet da empresa onde eu trabalhava engastalhou. Tínhamos um link de 64KB, para 13 pessoas, e era complicado. Quando tudo parou, fomos investigar, e o culpado era… email. Três funcionárias estavam usando o link até o talo, trocando emails entre si, sendo que na nossa estrutura (não pergunte) o email saía, ia até um servidor em SP e depois era replicado no Exchange interno (de novo, não pergunte).

As lindas moças passavam o dia inteiro trocando vídeos de pornografia pesada e falando de homem. Como descobrimos? Abrindo os diretórios dos anexos que estavam engargalando o link.

Enviamos uma circular, sem citar nomes, e o problema acabou. Por alguns dias.

Em outra empresa, com mais de 2000 contas, a única solução era limitar por cotas o uso de email, mesmo assim qualquer um com nível acima de peão, que tinha amigo gerente exigia e conseguia liberação, e lotava os HDs com fotos em alta de festas de aniversário, batizados, vídeos XXX, você escolhe.

Achamos que liberando GMail, Hotmail, etc, tornaria o uso do email corporativo mais… corporativo, mas essa é uma ilusão. As pessoas não gostam de dividir sua atenção com várias contas, então preferem concentrar o uso em UM email. Azar de quem gerencia, claro.

Por isso a pesquisa feita pela Escola de Comunicação Interativa da Georgia Tech não foi nada surpreendente. Nada menos que 14,7% dos emails corporativos são fofoca, e as fofocas negativas são 2,7 vezes mais comuns.

No total um usuário corporativo envia em média 112 emails por dia, 16 são fofoca. Tirando as correntes, fotos e outras besteiras, não deve sobrar muito pra email de trabalho. Por isso mesmo muitas empresas estão aposentando a ferramenta, preferindo Instant Messengers. Em termos de agilidade é bem mais prático.

Proibir acesso a sites é receita certa para criar insatisfação e acabar com a moral no escritório, mas é preciso bater firme para que a produtividade não vá para o ralo. Talvez minimizar o uso do email seja uma boa forma de promover isso. Ao menos resolveria o caso do cuerno que estourou o HD do meu Exchange Server, enviando 40MB de fotos para 2000 usuários.

relacionados


Comentários