Meio Bit » Baú » Miscelâneas » Rapidinhas de Fim de Semana #0002

Rapidinhas de Fim de Semana #0002

10/06/2012 às 15:05

Projeto quer criar cópia Open Source do iOS. Não, não é o Android

umsitemuitooriginal_thumb[2]

O nome do troço é “Projeto Magenta”, é uma idéia genial só que não de uma programadora chamada Christina B. Ela quer portar o Darwin, kernel dos sistemas operacionais da Apple para Linux. Em teoria serão binários compatíveis com iOS, rodando em processadores ARM. Se a maioria dos projetos Open Source não ligam muito pra Interface, esse vai mais além. Ela não tem nenhuma, planeja que alguém utilize alternativas OS para os componentes da Apple. Boa sorte portando Cocoa Touch, Truetype e similares. Seria interessante ver essa dedicação a projetos que tentassem criar algo ORIGINAL, pra variar, mas aí é pedir demais.

Microsoft vira Micosoft na piada mais velha do mundo

housefacepalm Muito, muito antes da Internet, antes de odiar a Microsoft ser pré-requisito para adolescentes em fase de autoafirmação, já era velha a piada de que Bill Gates havia batizado a empresa pensando no próprio bilau. Agora a piada ressurge, na boca (epa!) da própria Microsoft. Mais precisamente na conferência sobre o Windows Azure da Norwegian Developers Conference 2012. A apresentação terminou com um show de dança moderna, onde moças de shortinho exibiam seus dotes artísticos (e mais nada, estavam vestidas demais) enquanto monitores passavam mensagens inspiradoras, palavras de ordem e o inacreditável texto “As palavras MICRO e SOFT não se aplicam a meu pênis (ou minha vagina)”. Ninguém entendeu como uma piada de meninos de 12 anos foi parar na apresentação, nem como alguém que se chama “profissional de marketing” aprovou a besteira, mas a Microsoft pediu desculpas, fiofós provavelmente foram consumidos e da próxima vez tentarão não ser tão “modernos”.Como? CLARO que temos o vídeo. Minuto 1:20, divirta-se.

Segundo Prometheus Windows 8 será um fracasso, mas não é má-notícia pra Microsoft

lourama Prometheus é o novo filme de Ridley Scott. Todo mundo está elogiando como uma excelente quase-prequel de Alien, além do mérito de já ter soltado 3x a sua duração total, só em cenas isoladas, featurettes e virais.

Agora alguém com olhos de águia percebeu um detalhe daqueles que só interessam aos geeks inveterados: Em uma das cenas do filme, passado em 2089 vemos as telas do computador da nave. Não é nenhum HALos, não é Mac, não é nem Surface. Sequer é Windows 8. 77 anos no futuro, ainda rodam… Windows 7. O que comprova que a Weyland Corporation na verdade é uma bela de uma estatal.

Imagem da Semana 1 – Enterprise rumo ao novo lar

bige Se por um lado ela nunca voou no espaço, a Enterprise original teve um destino bem melhor que a maioria de suas naves-irmãs. Ao menos não explodiu, cheia de klingons ou se arrebentou num planeta, perpetuando o estereótipo falso de mulher no volante. Após ceder seu lugar no Smithsonian para a Discovery, a OV-101 Enterprise foi levada para o Intrepid, porta-aviões museu em Nova York, com direito a vôo panorâmico e tudo. Como levar a nave pelas ruas seria meio um tiquinho complicado, ela fez a viagem do aeroporto JKF até o porta-aviões em uma balsa. A operação de içamento não é algo que se vê todo dia.

Óculos Dietético emagrece demonstrando que seu cérebro é um idiota

comiiiiiida Eu tenho um acordo com meu cérebro: Ele resolve um problema ou outro, não me enche o saco e em troca continuo envenenando-o lentamente com álcool. Só que algumas vezes é preciso ir além, ainda mais na questão da dieta. Foi o que pesquisadores da Universidade de Tóquio inventaram: Partindo do princípio que olho grande é maior que tudo, investigaram se a VISÃO de mais comida era suficiente para saciar um sujeito esfomeado.

Era. Usando óculos especiais e um software de processamento de imagem fizeram com que biscoitos parecessem 50% maiores na mão da cobaia. O resultado foi menos 10% de consumo. OK, não é grande coisa, mas pensando bem se fizerem modelo feminino esse tipo de óculos é excelente para usar com a namorada…

Hacker da Semana: Hikaru Sulu

Date: 05-29-12Location: JSCSubject: George Takei visit to JSCPhotographer: James Blair Grandes poderes trazem grandes responsabilidades. Poderes fabulosos também. No caso George Takei, que depois de se eternizar em Jornada nas Estrelas tornou-se celebridade online, eclipsando os mais desvairados sonhos de William Shatner.

George é também militante do movimento gay, mas não da ala armada, embora tenha derrubado gente com fogo amigo, esses dias. Depois de postar um link para um site vendendo camisetas de sua campanha “It´s OK to be Takei”, George se tocou que não havia avisado ao pessoal da loja que um sujeito que consegue 2 MILHÕES DE LIKES em um link havia enviado uma legião de visitantes.

O site caiu, o provedor achou que estava sofrendo um ataque DDOS total e todo mundo saiu correndo arrancando os cabelos. No final entre mortos e feridos salvaram-se todos, mas levantou uma questão que vem se tornando séria desde o tempo do Slashdot: A maioria dos sites não está preparada para um grande fluxo de visitas. Antes era um risco restrito a links de sites como Digg ou Fark, hoje indivíduos possuem poder de derrubar serviços. E nem precisam ser celebridades internacionais, qualquer colírio da Capricho hoje tira, sem-querer, um site pequeno do ar.

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários