Meio Bit » Baú » Hardware » Idéia idiota do dia: Tomada ejetora

Idéia idiota do dia: Tomada ejetora

22/05/2012 às 9:00

A idéia é louvável: Economizar energia e salvar a natureza e os bichinhos nossos amiguinhos.

Na cabeça do inventor o equipamento iria monitorar a carga do celular ou tablet, e quando esta estivesse completa, a conexão física entre tomada e carregador seria interrompida, acabando com o consumo parasita de energia, que assim como as sacolas plásticas (e a Veja) são os grandes e únicos culpados de todo o Mal que assola a humanidade. Confira o vídeo de demonstração:

Lindo, né? Mas como todo produto-conceito não é muito pensado.

Pra começar, a energia usada por um carregador é mínima. Quando não está “puxando” carga, é desprezível, insignificante.

Em segundo lugar, o circuito ligado na tomada também consome energia, pois precisa identificar se há um celular precisando de carga conectado. troca-se um carregador com consumo parasita por um circuito sensor parasita.

Para piorar, a maioria dos carregadores inteligentes reportam 100% de carga mas continuam carregando o aparelho, de uma forma bem menos linear, com pausas para evitar picos de temperatura, por exemplo.

A cereja do bolo é que um celular normal carrega em uma ou duas horas. Se você colocar um aparelho carregando de noite para usar pela manhã, sairá com muito menos de 100% de bateria, pois quando ela terminar de ser carregada, em uma ou duas horas, a tomada será ejetada e seu celular ficará trabalhando, fazendo todas aquelas conexões periódicas via WIFI ou 3G, comendo bateria pelo resto da noite.

Existem vários meios eficazes de economizar energia, mas todos envolvem um bom investimento financeiro, então os ecobobos preferem idéias como o Dia da Terra e essa tomada idiota, mas se quisessem MESMO ajudar o planeta (e a nós) simplesmente sairiam da Internet, economizando a energia que gastam compartilhando essas palhaçadas.

relacionados


Comentários