Twitter-whatsHappening Calma, não é tão ruim quanto você pode estar pensando, o Twitter não perdeu o interesse em seus usuários. Acontece que, como a maioria das pessoas que usam o microblog deve ter percebido, as pessoas não respondem mais à pergunta “o que você está fazendo” ao atualizarem seus twitters — e as que de fato respondem à pergunta com freqüência , convenhamos, acabam se tornando menos interessantes do que aquelas que utilizam o serviço de forma mais ampla.

Foi por isso que hoje (19) o Twitter mudou a pergunta que faz aos seus usuários. Pode parecer uma mudança pequena mas, se pensarmos bem, é a frase responsável para definir a essência do serviço. O Twitter, desde seu início, tem se desenvolvido e se adaptado para acomodar as utilizações e práticas de sua comunidade de usuários, e a mudança de hoje tem esse mesmo fim. E ninguém melhor do que o fundador Biz Stone para explicar isso. Vejam o que ele disse no blog da empresa:

Claro, alguém em São Francisco pode estar respondendo “O que você está fazendo?” com “Saboreando uma excelente xícara de café,” nesse exato momento. Porém, analisar o Twitter por um ponto de vista mais amplo revela que ele não é exclusivamente para essas contemplações pessoais. Entre essas xícaras de café, pessoas estão testemunhando acidentes, organizando eventos, compartilhando links, notícias urgentes, relatando o que seu pai diz, e tantas outras coisas.

O modelo fundamentalmente aberto do Twitter criou um novo tipo de rede de informações e há muito já sobrepujou o conceito de atualizações de status. O Twitter te ajuda a compartilhar e descobrir o que está acontecendo agora entre todas as coisas, pessoas, e eventos que você se importa. “O que você está fazendo?” não é mais a pergunta correta — a partir de hoje, nós a diminuímos em dois caracteres. Agora o Twitter pergunta “O que está acontecendo?”

Não esperamos que isso mude a forma como alguém usa o Twitter, mas talvez isso torne mais fácil explicá-lo pro seu pai.”

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Vinícius Novais
Essas perguntas poderiam mudar de tempos em tempos, iria ser legal.