Enquanto questões legais impedem que os veículos autônomos conquistem as ruas, os americanos da Cadillac apresentaram sua própria visão da tecnologia que permite que veículos andem por aí sozinhos. Batizado de Super Cruise, o modelo tem diversos sensores, radares e câmeras que fazem dele um carro semiautônomo, e que têm como maior vantagem a possibilidade de chegar às concessionárias já em 2015.

Os carros autônomos desenvolvidos pelo Google conseguem dispensar totalmente os motoristas humanos, mas exatamente por isso não têm autorização para circular livremente em todas as ruas dos EUA. Já os carros da Cadillac contam com os sensores para dirigirem sozinhos “sempre que possível”, mas ainda dependendo de um motorista humano para eventualidades. Veja o vídeo dele em ação logo abaixo.


(Vídeo do YouTube)

O carro é capaz de identificar seu destino, acelerar, frear e fazer curvas sozinho, exatamente como o projeto do Google. A diferença é que o Super Cruise não pretende ser um substituto para motoristas, mas apenas um sofisticado sistema de ajuda de direção que ainda depende de um humano atrás do volante. A própria empresa afirma que sua invenção não funciona muito bem sob determinadas condições climáticas, como tempestades, por exemplo.

Atualmente os veículos da Cadillac já dispõem de sistemas que acionam os freios automaticamente caso identifiquem aproximação com algum obstáculo, são capazes de manter os veículos centralizados nas faixas de rodagem de autoestradas, têm câmeras que auxiliam em manobras e conseguem identificar faixas de velocidade.

Com informações: CNET