A Procuradoria Geral da cidade de São Paulo entrou com um pedido na justiça para remover 2 mil antenas (1.998, para ser mais exato) de celular na cidade. De acordo com a Prefeitura, tratam-se de antenas sem licença de funcionamento ou que não foram instaladas de forma regular.

Várias antenas dessas devem sumir

A prefeitura alega que várias antenas estão instaladas próximas a hospitais, escolas e outros lugares de interesse público, deixando um grande número de pessoas sujeito a efeitos de radiação. Acredite ou não, uma assistente jurídica afirmou em entrevista ao Bom Dia Brasil que a preocupação do órgão “é ao mesmo tempo tentar conciliar a preservação da saúde pública, das pessoas que estão no entorno dessas antenas, assim como também não prejudicar o usuário que se utiliza desse sinal para usar seu telefone celular”.

Ainda não entendi o momento em que retirar antenas vai melhorar a qualidade do serviço de telefonia na cidade. Faltam provas sobre algum efeito maléfico desse tipo de radiação.

Três operadoras foram acionadas na Justiça: Vivo (com 539 antenas irregulares), Claro (749 antenas irregulares) e Oi (710 antenas irregulares). Curiosamente, a TIM sequer foi acusada nos processos.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

liacabralribas
Bando de múmia, fecha a boca e para de fazer de conta que sabem de alguma coisa. Tem muita coisa estranha nesse mundo. Vão assistir futebol, novela e seriados, e fechem a boca. Simplesmente não dá pra distinguir informação de desinformação
Luiz Paulo
Até entendo, mas as operadoras colocam as antenas hoje e amanhâ tem pessoas fincando casas próximo as antenas, e como ficam? Isto é como linhas de trem, existem ha tanto tempo em um determinado local deserto, vem as pessoas fazendo casas perto dos trilhos para depois culpar as consecionárias. não é defender as empresas, mas é fato. Tem os fatos que o dinheiro manda muito também, A empresa monta o equipamento perto das casas, e se não tiver pagando os impostos como parece acima, as prefeituras se mexem, e consegue retirar essas antenas, todo mundo quer ganhar. Mas se tiver tudo certinho com os impostos pagos, pode ir qualquer um de nós que duvido que vai conseguir esse feito. demora anos para conseguir algum resultado. "retirada dos equipamentos"
Lsatan
O Câncer é a segunda doença que mais mata no país.
@lsatan
A TIM não foi citada porque usa antenas alugadas.
[email protected]
só sei dizer que vai ficar tudo uma porcaria qual operadora de celular, vai ser melhor . alguem arrisca dizer.
Ronaldo Gogoni
O governo, vai pro caixa da campanha eleitoral.
Zarohpyel Nefilim (@rodrigorsena)
.-. @TatoGomes.... #chupa
@TatoGomes
Lucas Braga, Reli a frase citada, e talvez a conotação seja outra. Veja: “é ao mesmo tempo tentar conciliar a preservação da saúde pública, das pessoas que estão no entorno dessas antenas, assim como também não prejudicar o usuário que se utiliza desse sinal para usar seu telefone celular”. O termo "conciliar" não seria no sentido de "vamos preservar a saúde pública tentando não prejudicar o usuário..."? Aí a frase faria mais sentido, até porque, como você disse, retirar antenas certamente não seria benéfico para o sinal de celular.
@TatoGomes
"Mais respeito com o Acre! Aqui nós temos vários... Bom... Vários acreanos que exigem respeito!" - Acreano, revoltado com os comentários sobre sua Terra Natal.
Hugo
Se esse tipo de radiação fizesse mal você já tinha um zilhão de pessoas com câncer pois você está expostos não só pelo celulares mas por diversos outros instumentos ao seu redor.
Guilherme Macedo C.
Estudo conclusivo não existe. Existe sim estudos que apontam e estudo que falam o contrário. Mas como existe o Princípio da Prevenção, por isso é muito bem regulamentado. Qdo não se sabe se pode causar, de certeza, algum problema, vc coloca como algo perigoso, pois se realmente for pode causar danos irreversíveis em massa.
Hugo
Põe um link ai de um estudo CONCLUSIVO.
Hugo
Entendi, relendo alguns comentários aqui a gente realmente vê isso, lamentavél.
Guilherme Macedo C.
A crítica ao governo qdo se trata de fiscalização está certíssima. Sou o primeiro a falar isso. No entanto o que falei não trata em isentar a administração pública, mas deixar claro que a culpa não é exclusiva. Alguns dá pra ver claramente q isentam as empresas, que o que elas fizeram é "coisa boba", que as exigências são "burocracia desnecessária" ou coisa do tipo.
@virsso
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Exibir mais comentários