Início / Arquivos / Internet /

Facebook lança grupos para faculdades

San Picciarelli

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

O Facebook anunciou na semana passada um novo produto da casa: o Groups for Schools. Trata-se de uma nova oferta da rede social que tem muito mais cara de nostalgia do que de inovação. Mas não se deixe enganar. É tudo Show Business, não Show Friends e como grande parte daquilo que o gigante social faz nas interwebs, este também não é um ponto aleatório e sem nó.

Facebook Groups for Schools: Novas oportunidades no novo velho nicho?

Sim, Zuckerberg retorna às origens do Facebook criando uma alternativa para que grupos de alunos em universidades possam discutir, compartilhar arquivos, programarem eventos, publicarem anúncios de interesse comum, enfim, aquela força online para ajudar na rotina frenética dos estudos. Poucas pessoas sabem, mas nos primórdios da rede social apenas quem tinha um email terminado em .edu (normalmente alunos de universidades americanas) podia se cadastrar.

A opção ainda não está à pleno vapor mundo afora e também não está disponível para outros países além dos EUA. E também existem outras restrições como o limite de arquivos com tamanho máximo de 25MB. Mas fora isso, o Groups for Schools promete escalar com a mesma amplitude com a qual a rede social padrão evoluiu, criando pacotes de funcionalidades voltados para tudo o que o estudonauta mais precisa ou quer da web.

A ação é também uma demonstração de que o Facebook não está para brincadeiras e quer explorar ao máximo um recorte de mercado altamente lucrativo. A rede social, dessa forma, emparelha com a Apple na tentativa de seduzir alunos e professores, embora Cupertino tenha apenas focado na produção de conteúdo com produtos como o iBooks e a iTunesU – primariamente para quem usa o iOS.

Do outro lado, ao focar no quotidiano do estudante e oferecer soluções úteis à sua rotina e sem alterar em nada o imenso escopo de plataformas, aplicativos e sistemas operacionais já bastante maduros e em pleno funcionamento, Zuckerberg pode abocanhar uma fatia ainda maior desse bolo, de uma só vez.