Durante um painel apresentado na SXSW o engenheiro do time de webspam do Google, Matt Cutts, antecipou que a empresa está trabalhando em uma nova mudança no algoritmo de busca para tornar os resultados mais precisos — e melhorar a experiência do coitado do usuário que convive com sites cheios de conteúdo inútil nas pesquisas. A alteração penalizaria sites “muito otimizados” para o buscador. Quando a esmola é demais…

Com a mudança, os sites que trocam links de maneira excessiva, apresentam muitas palavras-chave numa mesma página ou vão além das expectativas do robô de indexação teriam posições piores nos resultados de busca. Vários funcionários já estão trabalhando no projeto, de acordo com o engenheiro.

Preocupação excessiva com SEO pode causar problemas

Preocupação excessiva com SEO pode causar problemas

Como o Google não divulga detalhes sobre seus métodos de classificação de páginas, não dá para saber o que eles consideram como sites “muito otimizados”, mas o Panda foi bastante criticado por webmasters, especialmente os que perderam muito tráfego (e dinheiro) com a mudança. Tanto é que o próprio Google lançou um formulário para que os usuários ajudassem a detectar falhas no Panda.

Querendo ou não, a alteração pode e deve estar disponível nos próximos meses. A mensagem do Google é clara e nos remete a um dos princípios básicos de qualidade definidos pelo buscador: crie páginas principalmente para os usuários, não para os mecanismos de pesquisa.

Com informações: Search Engine Land.