Quantic Dreams é o estúdio criador de Heavy Rain, título de PS3 com foco em narrativas interativas e na belíssima interpretação dos personagens. O jogo foi consagrado por levar outro patamar o misto de videogame e cinema, sendo considerado como uma prévia do que o futuro ainda esconde para a área. Se você ainda não sabe o que esperar desse novo estilo, pode conferir um vídeo com uma demonstração da tecnologia que a Quantic Dream está trabalhando. É no mínimo impressionante.

A demonstração mostra a construção de Kara, uma ciborgue projetada para ajudar os humanos em diversas funções. Se fosse apenas um vídeo pré renderizado, não haveria nada de impressionante, mas Kara é renderizada em tempo real em um PS3.


(Vídeo no Youtube)

O realismo facial é impressionante, já que o foco dos títulos da Quantic Dream são nas expressões e interpretação dos personagens. Preciso confessar que arrepiei a assistir a demonstração, mesmo ela tendo pouco mais de 5 minutos e um personagem que eu nunca vi na vida.

Quantic Dream foi responsável pelo desenvolvimento do Indigo Prophecy pra PS2, que assim como o thriller exclusivo de PS3 Heavy Rain, foi premiado por sua inovação em jogabilidade e narração. Infelizmente, como a própria descrição diz, Kara não faz parte de nenhum jogo em desenvolvimento. A demonstração é apenas uma amostra do que a nova engine da Quantic Dreams será capaz de reproduzir algum dia, no seu próximo jogo.

Espero que eles não me façam chorar de novo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ruben Cesar
Eu adorei o heavy rain gostava que a quantic dream fizesse o heavy rain 2
@twilliammendes
Impressionante como um personagem virtual conseguiu emocionar da mesma forma que um personagem "real", como atores em filmes... Realmente a Quantic Dreams esta de parabéns.
pedro
é androide, não ciborgue... Ciborgues são pessoas de verdade com partes robóticas ou mecânicas. Androides são robos que tem aparencia de humanos.
@LBKatan
Mas acho que, nesse caso, entrariam questões do tipo "matar somente se necessário", ou algo assim. Além de ter a mesma sensação que temos no cinema: "eles são só personagens". Eu acho...
@LBKatan
Que vídeo loco! Além da tecnologia monstruosa por trás dele, ainda foi uma história muito bem feita. Dá até vontade de escrever uma continuação. =D
Yangm
Calma, os vilões serão feios como sempre...
marcoscs
interessante mas seria bom que nenhuma produtora tentasse dar realismo demais aos personagens de games. Matar um personagem que tem cara de personagem é uma coisa. Matar um personagem que aos seus olhos pareceria tão humano quanto você? Não, aí envolveria uma série de questões éticas que não tem nada a ver com algo que foi feito essencialmente para divertir....
@rafaellucas3
Nossa a Quantic Dream sabe realmente como ser imersiva. Me arrepiei qndo começaram a desmontar ela, deu uma pena. Queria saber o q ela irá fazer dps de vendida (ou n se fugir do laboratório). Imaginação à mil aqui. Esse vídeo só prova q o Playstation 3 ainda tem chão pra rodar.
@maxikd
muito bom mesmo. já tinha assistido e fiquei impressionado com o realismo. Heavy Rain foi um dos melhores jogos que já joguei no meu PS3!!
@adaorossi
Se for realmente renderizado no PS3 em tempo real, o PS3 ainda tem lenha pra queimar... E eu fico feliz de não ter que já trocar pra uma nova geração =D
Uendry Ramos Maia
Vídeo bom em absolutamente todos os sentidos. Será que esse sera um dos debates éticos que teremos no futuro? Não acho impossível, já que a tecnologia está andando a passos largos...
@bulleta7x
Compartilho do seu sentimento bro, quando eu estava achando grande, acabou. E começou o limbo até o Ep. 3 sair...
@atpfreitas
Olha, pra mim o mais importante aí nem é o fato de ter sido renderizado em tempo real no PS3. O que vale aí é que a Quantic Dreams conseguiu criar em sete minutos todo um universo envolvente e uma tecnologia avassaladora, que até hoje muitos estúdios cinematográficos de renome não conseguiram. É uma prova que os videogames podem sim servir para argumentar questões tão importantes, como o cinema e a literatura fazem. Parabens, Quantic Dreams. Vocês merecem aplausos.
Henrique
É, não daria pra acreditar na Sony mesmo... pena que não foi ela quem fez o video pra gnt deixar de acreditar né... Foi usado o PS3 como plataforma e só... o trabalho foi da Quantic Dreams.
@brunossn
Rendenizado no PS3? Duvido. A Sony disse que o PS2 iria rendenizar Toy Story em tempo real, e demonstrou um KillZone diferente do final na prévia do PS3. Não dá pra acreditar na Sony.
Exibir mais comentários