Início / Arquivos / Aplicativos e Software /

Nvidia entra para a Linux Foundation. E você com isso?

Paulo Graveheart

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

A Nvidia, conhecida pelas placas de vídeo que fazem jogos rodarem a vários frames por segundo e também pela linha de processadores Tegra, anunciou que agora faz parte da Linux Foundation. E o que isso muda na sua vida?

Por enquanto, não muda nada....

Representantes da Nvidia comentaram sobre a participação Linux Foundation dizendo que a empresa espera ser capaz de cooperar com organizações e desenvolvedores que contribuem com o progresso do Linux.

Com esse anúncio, as três maiores empresas a fabricar chips gráficos agora são membros da Linux Foundation — Intel e AMD já fazem parte da iniciativa há algum tempo).

Mas nem tudo são flores: não há indicação alguma por parte da empresa de que a política de manutenção de drivers irá mudar. Hoje a Nvidia oferece apenas um driver proprietário para suas placas gráficas e não contribui em nada com o Nouveau, um driver de código aberto construído à base de engenharia reversa, sangue, suor e lágrimas. Diga-se de passagem, o Nouveau é instalado por padrão na maioria das distribuições Linux.

Já no que diz respeito aos chips Tegra, a situação muda um pouco, com a Nvidia desenvolvendo mudanças no Kernel Linux sob licença GPLv2 para que as próximas versões do kernel tenham suporte ao chip por padrão. Entretanto, mais uma vez, os drivers gráficos para os chips Tegra continuam sendo proprietários, desenvolvidos exclusivamente pela empresa.

Como parte do compromisso em fazer parte da Linux Foundation envolve distribuir drivers compatíveis e auxiliar desenvolvedores, vale a pena ficar de olho e garantir que a NVIDIA entregue tudo direitinho. Em caso positivo, podemos ter muitas novidades envolvendo Linux e jogos em 3D, ou ainda Linux em tablets e outros dispositivos móveis. Como sempre, nos resta esperar.