Início » Arquivos » Legislação » iPad pode continuar a ser vendido na China

iPad pode continuar a ser vendido na China

Por

A Proview, empresa dona da marca iPad na China, bem que tentou impedir as vendas do tablet da Apple no país, mas o máximo que ela parece ter conseguido é fazer alguns lojistas retirá-los das lojas. Uma nova decisão hoje, do tribunal de Xangai, não aceitou o pedido da empresa de liminar contra a venda do iPad e agora ele pode voltar às prateleiras.

A Proview, para quem não sabe, conseguiu os direitos de uso da marca I-PAD (sim, desse jeito) no ano de 2000. O produto com essa marca era, surpreendentemente, um clone do iMac. Veja aí abaixo, cortesia do pessoal do TheRegister.

Apesar da decisão a favor da Apple, a Proview vai continuar tentando forçar um acordo financeiro melhor para eles mesmos e mais rápido possível. Agora ambas as empresas devem esperar uma decisão da corte na cidade de Guangdong, que deu ganho de causa para a Proview em dezembro.

Um dos motivos para eles tentarem uma rápida decisão estaria na quantidade de dívidas que a Proview tem na China. Como são muitas e bem altas, a empresa perdeu os direitos de controle sobre seus bens e por isso as decisões legais estão sendo tomadas por dois dos seus credores, ambos instituições financeiras da China.

Se a Proview vai conseguir uma decisão rápida, ainda não sabemos. Mas a Apple certamente vai lutar para não pagar mais do que gostaria nessa marca.

Com informações: BusinessWeek.