Início / Arquivos / Internet /

Vendas de mp3 crescem em 2009

João Brunelli Moreno

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

mintmusica

O site de finanças Mint.com acabou de divulgar em seu blog uma pesquisa que mostra o avanço dos formatos digitais no mercado de música nos EUA. De acordo com os dados, os downloads legais – em que o usuário compra uma faixa ou disco em mp3 em lojas como a iTunes ou Amazon, por exemplo – aumentaram sua participação de 20% em 2007 para 36% em 2009, enquanto as velhas mídias físicas caíram de 80% para 64%. O ano do grande boom dos formatos digitais foi 2008, com aumento de 30%, e em 2009, graças à crise mundial, o crescimento foi de “apenas” 20%.

A pesquisa também mostra que o iTunes detém 70% do mercado de música online, seguido de longe pela Amazon, mas também aponta que o serviço de música da Apple só cresceu 1% em relação ao mesmo período do ano passado, enquanto rivais como o Rhapsody e o eMusic.com registraram aumento de 12%. Já o Napster, que se tornou famoso no início da era do combate aos downloads ilegais não vem se dando muito bem em sua nova carreira e amarga uma queda de 23% em relação a 2008 (e ela já não era uma maravilha).

Quando ao gasto médio de seus consumidores, a lista aponta que os frequentadores do site Fye.com deixam, em média US$ 34 por lá a cada transação e US$ 22 no CD Baby, enquanto no Napster eles gastam US$ 15 e no iTunes, US$ 7. Para ver a pesquisa completa, confira o post no blog do Mint.com.