Um tribunal francês considerou o Google culpado da acusação de “abusar da posição dominante do Google Maps no mercado” e ordenou que o gigante da web pague indenização por perdas e danos a uma empresa de mapeamento local chamada Cartographes Bottin, além de outros 15 mil euros de multa.

De acordo com o veredito emitido pelo tribunal de Paris na quinta-feira, o fato do Google oferecer os serviços do Maps de graça a algumas empresas é uma prática “desleal”. Esta é a primeira vez que o Google é condenado em um caso envolvendo o fornecimento de mapas de seu serviço.

“Esta foi uma batalha de dois anos e uma decisão sem precedentes”, afirmou Jean-David Scemmama, advogado da companhia francesa. “Nós provamos ao tribunal que a estratégia do Google para eliminar seus concorrentes”, comemorou o advogado ao jornal Economic Times.

Em um comunicado oficial, um porta-voz do gigante da web afirmou que a empresa irá recorrer da decisão. “Estamos convencidos que uma ferramenta de mapas livre e de alta qualidade é benéfica tanto para usuários quanto para empresas. Há falta de concorrência contra nós neste setor tanto na França quanto no resto do mundo”, encerrou a empresa.

Essa não é a primeira vez que o Google Maps rende dores de cabeça para sua empresa mãe nos tribunais da terra das baguetes. Em 2011 a empresa foi multada em 100 mil euros por violações de privacidade envolvendo o serviço Street View.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

G.Holmes
Era só o que faltava. Claro...quando uma empresa evolui e se adequa ao futuro, é bem mais fácil processar do que adequar-se às mudanças da mesma forma que a concorrente fez. Aff.
Luandersonn
Isso é algo bem complexo e confuso mesmo, é algo sem sentido as vezes, mas é o capitalismo do século XXI favorecendo (como sempre) os grandes empresários.
diogod
Mas o que fizeram é exatamente o contrário. Não faz sentido punir o google por algo que ele nem fez ainda, e se fizer (obviamente não vai), aí sim o estado interfere. Coloca multas, incentiva outras empresas, etc etc.
Alexandre
Seria legal também o Google cobrar 1 Euro, já que não pode fazer de graça! Quero ver alguém reclamar.
Alexandre
Seria muito legal se o Google parasse de funcionar, completamente, na França, imagina não ter Google, seja maps, search, etc. "Opa!, essa requisição vem da França, mostra a página de not found para eles!" ahahahaha, adoraria ver isso.
João Paulo Polles
Ja se eu fosse o google, eu tirava todas as referencias para aquela empresa na pesquisa do google. ai eles iriam ver como o gigante google tem poder...
Guilherme Macedo C.
Victor, não existe país ocidental sem regulamentação. Como eu disse, o laissez-faire se mostrou um modelo falido, que causou crises econômicas e sociais pelo mundo, o Consenso de Washington se mostrou pior ainda, sendo uma nova roupagem pra velhas ideias que não deram certo, por isso por mais capitalista e neoliberal que um país seja ele sempre vai ter regulamentação severa no mercado. Como citei no link, na Europa existe a Comissão Europeia, nos EUA existe a Comissão Federal de Comércio, no Brasil, o CADE. São vários os órgãos que regulam com base na legislação de proteção ao mercado e o interesse coletivo. Mostrei no link, que vc deveria ter lido, como age e alguns exemplos de abuso do poder de mercado, concorrência desleal e outras coisas, que num mercado sem regulamentação faz ruir toda a sociedade. Qto aos Direitos Autorais, isso não tem a ver com regulamentação de mercado. Direitos Autorais faz parte dos Direitos Intelectuais. Não tem nada a ver com o assunto. Isso é discussão para o Direito Civil. Normas de controle e regulação do mercado não tem a ver com os direitos morais e intelectuais.
Victor
Guilherme Macedo C. Ainda estou aguardando um exemplo. Eu citei 2 e já demonstrei porque isto de se liberar, os interesses de alguns se sobressaem sobre o dos outros, esta errado. Enquanto você : 1 - Não citar pelo menos um exemplo de um país com menos liberdade econômica que o Brasil e no top 20, ou melhor, vou aumentar para top 30. 2 - Não demonstrar que meus argumentos de que a regulamentação pode fazer justamente o que você "condena", como por exemplo a parte dos direitos autorais. Você não estará me convencendo. Pensando bem, desisto. [IRONIC] Devemos regulamentar várias coisas, mesmo que um lobby qualquer pode causar uma grande perda no desenvolvimento tecnológico. Devemos sempre tentar agradar o máximo de pessoas possíveis e servir aos seus interesses. Por esta razão, 50,0000000000(...)00000000000001% das pessoas decidirem escravizar os outros 49,99999(...)99999%, devemos escraviza-las em nome do interesse coletivo. [/IRONIC]
Guilherme Macedo C.
Victor, existe regulamentação pq a falta dela se provou prejudicial, tanto que toda a estrutura da sociedade ruiu. Aconteceu com o liberalismo econômico sem controle e agora, nessa crise, com o neoliberalismo. Sem regulamentação é que o interesse privado prevalece sobre o interesse coletivo, sobre a sociedade. Hoje os órgãos regulamentadores e as legislações específicas dão resultado melhores do que o "tudo pode". Laissez-faire é um modelo falido, que já se provou uma aberração econômica e social, que não dá certo.
Victor
Guilherme Macedo C. Vou explicar de outra forma, vou tentar resumir. Isso de regulamentar para o melhor para todos, é bom na teoria, mas na prática, só vai fazer as pessoas regulamentarem conforme seus interesses. Querer que quem pode regulamentar, regulamente em nome do coletivo ao invés de em nome dos próprios interesses, é como querer que as empresas produzam para atender os interesses coletivos e não os próprios lucros. Um exemplo disso, é os direitos autorais, no início, realmente protegiam os autores, mas agora só estão servindo para manter monopólios, prejudicar a livre concorrência, etc; por causa de Lobby. Não estou defendendo que não tenha regulamentação alguma, estou defendendo que até pode ter regulamentação, mas antes devemos pensar em algo de como regulamentar, para os interesses coletivos e não para interesses individuais.
@pdrhdd
Você está completamente certo, o google vai começar a cobrar pelos serviços assim como ele fez com o... com o... enfim, temos que proteger os consumidores de receber um serviço gratuito!
Luandersonn
Quando fez este comentário em resposta a ele, você faliu em ignora-lo
Luandersonn
É exatamente isso que querem evitar, se o Google quebrar as outras, e não houver concorrência, um dia ele virá a cobrar, é um negocio complicado isto.
Eduardo Barbosa
foi sim uma invasão pq eles entrarão no pais do zotro pq a empreza dele e no eua , e vem coloca-no mapa gratis sabendo que tem ontra empreza la que paga seus imposto para existir iso e uma sacanagem do Google !
@yagogabriell
Pois é né..
Exibir mais comentários