Fãs do “canivete suíço” dos tocadores de mídia podem começar a abrir um largo sorriso: o time responsável pelo VLC confirmou que a versão 2.0 final deve ser lançada ainda em fevereiro, com várias novidades.

Centenas de novidades no VLC 2.0

Umas das mudanças mais esperadas do VLC 2.0 é ironicamente algo que os usuários não notarão: a mudança das licenças das bibliotecas libVLC e libVLCcore da GPLv2+ para LGLPLv2+ permitirão que elas possam ser usadas em aplicações não-GPL. Parece bobagem, mas com essa mudança o VLC poderão finalmente voltar para o iOS, de onde estava fora há mais de um ano.

Além disso, também será possível executar discos de Blu-ray. Essa função ainda está experimental e certos discos protegidos precisam de um pouco de trabalho para serem executados, mas já é um passo e tanto. Usuários do Linux ainda hoje sofrem para executar discos protegidos em seus sistemas — esse é um grande passo para resolver o problema.

Outras mudanças dignas de notas incluem: Módulo UPnP, simplificação de vários menus de ajuste, correção na reprodução de arquivos .rmvb, e uma lista gigantesca de bugfixes e novidades diversas (dica: separe algumas horas do seu dia para ler tudo).

O VLC 2.0 no momento está na fase Release Candidate e tanto o código-fonte para compilação quanto versões já compiladas para OSX e Windows podem ser baixadas aqui. Como é uma versão ainda com bugs, só faça o download se quiser sofrer um pouco.

Com Informações: H Online

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Fer
Que dizer... No Mac, pois no Windows continua horroroso como sempre!
Rafael
Rodar formatos é relativo... Instala um pacote de codecs e qualquer player roda qualquer coisa!
Fer
Eu até que gostei da interface!
Fer
"Além disso, também será possível executar discos de Blu-ray." Alguém por acaso fala discos de CD? Então por que diabos complicam com o Blu-ray?
Pedro Maich
Com o K-Lite Codec Pack. Meu x64 agradece.
@LBKatan
Discos de outras religiões e com corpo fechado realmente são preocupantes. Se não roda, o santo não aparece. =D
@LBKatan
Eu ri aqui com vocês falando de Real Player. Eu usava em meados de 2003, 2004. lol
@LBKatan
O KMPlayer também faz isso. Só que não é ativado por padrão. É só clicar com o botão direito e procurar nas opções ali embaixo. =)
@LBKatan
Agora veio algo à minha mente: a maioria dos arquivos .rmvb deve ser pirata. o0 Concordam? Discordam?
@allan_dias
verdade, deixei de usar o vlc porque ele realmente não lida bem com arquivos .rmvb, e 70% do que assisto é nesse formato.
Victor
O VLC tem alguns(muitos) problemas com rmvb, recomendo usar o KMplayer, Dragon player, etc. Tem muito player melhor para rodar rmvb para Linux.
TatoGomes
Eu só posso falar da versão Linux do programa. Lá, com algum esforço, você consegue ver DVDs de todas as regiões. Repito: com algum esforço e DVDs. Nessa nova versão, imagino que aconteça algo parecido com os Blu-Rays.
TatoGomes
Acho que a questão dos discos protegidos é muito importante, bem como a de discos de outra região. Eu tenho um DVD que possui esses dois "problemas", e a duras penas eu consegui rodá-lo no Ubuntu. Demandou muita pesquisa, muito código, muito trabalho... Espero que isso tenha melhorado, pois é um ótimo player, sem dúvida.
Paulo Victor
Uso o Daum Pot player esse sim é um player de video, deixa qualquer outro no chinelo........ Instalem ai e vejam nunca mais vão ter problemas de compatibilidade nem com rmvb(lixo hoje em dia tem coisa melhor). Só me dou o trabalho de fazer propaganda de produtos realmente bons :D
Kowalski
Eu! o/ :D
Exibir mais comentários