O Google publicou um artigo no blog que mantém voltado para webmasters aconselhando a adoção de um novo parâmetro em formulários desses que encontramos a todo momento na internet. A proposta do gigante da web é muito simples: que no código-fonte do formulário apareçam atributos de HTML específicos para que o navegador complete automaticamente a informação que o usuário precisaria adicionar manualmente ali.

De acordo com a empresa, o Chrome e outros browsers já oferecem o auto-completar com alguma taxa de acerto. Entretanto, a situação ficaria ainda melhor se o navegador não precisasse adivinhar se o campo pede o nome ou o endereço de email, por exemplo.

Se depender do Google, a seguinte estrutura será adotada nos formulários:

<input type=”text” name=”field1” x-autocompletetype=”email” />

Repare na presença do atributo “x-autocompletetype”. Por meio dele o desenvolvedor especifica qual é a informação que o campo apresentado e, assim que lê isso, o navegador pode adicionar a informação automaticamente. Para tanto, como você já deve saber, o auto-completar tem que estar ativo no browser. Além disso, o usuário precisa ter preenchido a informação antes pelo menos uma vez para que fique salva.

Até agora só o Google se comprometeu com o atributo e disse que ele está instalado no Chrome. Outras empresas que oferecem o auto-completar devem implementa-lo, mas o Google não disse quais são essas companhias. Ainda é importante observar que o atributo foi lançado em caráter experimental e não passou por endosso do W3C, o consórcio que regula os padrões para a web. Pode ser que venham a adota-lo no futuro, pode ser que não.

Cá no Tecnoblog o Google Chrome é o navegador mais utilizado. E como temos muitos leitores que trabalham com web, não custa nada dar o recado: o atributo está aí para quem quiser implementar.

Aqui tem o texto completo relatando a proposta de atributo.

Atualizado às 19h20.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

João Paulo Polles
Acho que isso vai vingar... veremos o que o pessoal do W3C vai decidir...
Thássius Veloso
Vejo que a discussão continua correndo solta nesse artigo. Apenas para complementar, parece-me que algumas informações, como email, estão previstas no HTML "atual". Entretanto, na proposta do Google eles falam e adicionar outros campos previstos como atributos em formulários do HTML5. São eles número do cartão de crédito, nome impresso no cartão de crédito e informações similares.
@willian
Não concordo! É só usar HTML 5 corretamente. O navegador não precisaria adivinhar se o campo pede um nome ou email se o campo for assim: Isso já existe e é puro HTML!!!
Ortiz Vinicius
Calma, rsrs. Eu fiz a pergunta exatamente por isso, os dois campos não terão o mesmo id, pois não terão a mesma informação. O que eu quis dizer com a minha sugestão, é que se o desenvolvedor quer facilitar para que os dados do usuário sejam preenchidos automaticamente, bastasse colocar os ids dos campos de acordo com o conteudo, mas sem obrigação nenhuma de fazer isso e nem ter de colocar em inglês como disse o Scott. Se você tem dois campos de e-mail, provavelmente eles não terão o mesmo e-mail e você não precisará inserir o x-autocompletetype=”email” nos dois, pois se fizer isso estará dificultando pro usuário e não facilitando, o mesmo aconteceria com o id. O type também não daria certo. Agora, o Carlos ali em baixo disse que a maioria dos frameworks deixariam de funcionar, não tinha pensado nisso.
Thiago Leite
Sim, gosto que meus usuários informem o mesmo dado repetidas vezes (ironia). Sério, dá uma lida no que vc propôs e analisa isso de forma funcional.
Alberto Monteiro
Desisto :)
Vinicius Kinas
A tipagem é outra história. Ela define o jeito que o campo deve ser preenchido, mas continua limitada quando existe mais de um campo do mesmo tipo em um mesmo form, mas com significados diferentes - telefone residencial, comercial e celular, por exemplo.
Vinicius Kinas
Só pra esclarecer, atributo type do HTML5 diz respeito ao tipo do campo (email, texto, data, cor, etc) - COMO O CAMPO DEVE SER PREENCHIDO. O atributo proposto x-autocompletetype diz respeito ao conteúdo do campo - por exemplo: endereço, telefone, nome, sobrenome, nome do meio, etc - que são todos do mesmo tipo (type=text no caso) - COM QUE VALOR JÁ SALVO O CAMPO PODE SER PREENCHIDO. Mesmo no HTML5, o atributo type do input ainda fica limitado a definir os tipos de entrada (o que faz sentido). O atributo type não tem como dizer QUAL dado deve ser preenchido, apenas COMO deve ser preenchido. Ou você quer que o W3C defina tipos para endereço, telefone residencial, telefone comercial, celular, bairro, cidade, etc?
Alberto Monteiro
Cara vamos ao exemplo dado aqui: autocomplete type é email. cada vez que eu digitar algo em um campo com autocompletetype email eu vou salvar no browser todos os emails, e fornecer posteriormente a cada vez um um campo similar(similar me refiro a ter o mesmo atributo) receber o foco vou autocompletar cada vez que eu digitar algo em um campo TYPE email eu vou salvar no browser todos os emails. O que acontece hoje é que os browsers olham o name, e isso varia de programador para programador! Hoje com a pequena quantidade de tipos de input o melhor é arriscar o name, mas quando tivermos tipos bem definidos a necessidade desse atributo não se faz necessário, a não ser que seja necessário especificar mais ainda...
@xrenan
Isso mesmo... define o tipo da informação que o campo guarda, e um pouquinho de javascript(? ou sei lá) pode fazer a mágica de capturar todos os seus dados armazenados em autocompletar... A ideia é bacana, mas tem que planejar bem como implementar isso nos padrões.
Marcio Neves Machado
Atualmente ele se guia pelo nome do campo, mas com cada desenvolvedor criando um nome "adebundê" do jeito que acha melhor, e nos mais diversos idiomas, onde num lugar ele se chama "login" no outro ele é "usuario", ou "user" ou "operator", e por aí vai. Endereço? Email? Aí a coisa vira zona, mesmo. A proposta do google faz sentido, mas se não houver contrapartida da comunidade, não servirá de nada
Carlos
Sim, isso sim seia ótimo.
Carlos
Se isto acontecesse a maioria dos frameworks web deixariam de funcionar.
Marcelo
gambi mode ON
@leandroleo2
sim tipagem, seria uma otima solução, até mesmo para validações. Ex: type="email", type="seach", type="name" e por ai vai....
Exibir mais comentários